Um país conta com o desemprego

O nome é “Estímulos 2012”. O vídeo é bonito, com cores e desenhos fofinhos. As medidas são fúteis e, para variar, são praticamente todas uma intervenção do Estado no mercado laboral, em parte destas com prejuízo para o contribuínte. “Não deixe que pensem por si”. Isto lembra os fantásticos programas do Governo Sócrates, com nomes sonantes, slogans bem trabalhados, propagandas atraentes e medidas, na sua maioria, que tentam colocar alcatifa sobre tijoleira partida, na esperança que o chão pare de rachar. Fica aqui o vídeo:

7 pensamentos sobre “Um país conta com o desemprego

  1. Paulo Pereira

    Sem redução significativa do IRC e da TSU nos sectores transacionaveis em primeiro lugar, não é possivel a economia privada crescer e criar emprego sustentável.

  2. Paulo Pereira

    Sim, em primeiro lugar , de forma a não prejudicar demasiado o deficit.

    Depois de uma redução significativa pelo menos em 50% nos transacionaveis então uma redução gradual nos outros,

    Os transacionáveis estão por definição sujeitos à concorrência global que tem impostos mais baixos e economias de escala bem superiores.

  3. Luís Lavoura

    De onde vêem os recursos para o PSD andar a fazer estes vídeos? Não virão, indiretamente, do governo?
    Isto parece-me obra dos “abrantes” do PSD.

  4. Miguel Noronha

    Boa pergunta. Quanto milhões (milhares de milhões?) custou a produção deste vídeo? Só o cachet daquela bonecada toda deve ter custado para cima de um dinheirão.

  5. lucklucky

    O vídeo só pode ser baratucho qualquer um com umas luzes sobre edição de vídeo é capaz de o fazer.

  6. João Branco

    Se foi pago com fundos próprios do partido o custo é irrelevante (muito ou pouco). Se foi pago com dinheiro do governo e está a ser distribuído como propaganda partidária, é mau, e tanto pior quanto maior for o custo.

    Já agora, aconselho a ler isto, que faz parte dos documentos que se publicam que são pagos pelo governo alemão:

    “This brochure is published as part of the public relations work of the Federal Ministry of Economics and Technology. It is distributed free of charge and is not intended for sale. The distribution of this brochure at campaign events or at information stands run by political parties is prohibited, and political party-related information or advertising shall not be inserted in, printed on, or affixed to this publication”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.