Uma oportunidade para Passos Coelho

Aos jornalistas do Público resta-lhes muito pouca credibilidade dado o hábito de exagerar ou mesmo ocultar a verdade em todo o seu trabalho. Porém, a ser verdade a versão de que Miguel Relvas chantageou uma jornalista, ameaçando que revelaria aspectos da sua vida privada, só há um caminho para esse senhor que é a rua. A ser verdade, Passos Coelho tem aqui a oportunidade de demonstrar quem é realmente o primeiro-ministro neste governo e, acima de tudo, marcar as diferenças para o seu antecessor.

16 pensamentos sobre “Uma oportunidade para Passos Coelho

  1. economista

    Não é possível . Relvas tem a ficha de informações relativa a Passos Coelho ,
    (Houve uma remodelação do Governo : Relvas passou de Marquês de Pombal do Regime para Director-Geral da nova PIDE !… )

  2. JP

    Concordo, ou ele esclarece de outro modo. E não esquecer que o PS já mostrou ser tão bom a abafar o que se passava na segurança, escolas, bombeiros e empresas públicas, como a fazer cair governos para depois fazer muito pior, com a conivência da comunicação social em silêncios altamente comprometidos. De qualquer modo, ameaçar uma jornalista com publicações na internet é algo um pouco difícil de acreditar que carece de demonstração, não vá dar-se o caso de Relvas ser uma espécie de Sócrates II. Estranho foi o cuidado da deputada socialista – normalmente só acontece quando sabem que alguma que coisa não bate certo. Está na hora do PSD ser partido e não um burrinho amestrado do governo como o PS foi no passado recente.

  3. Rantanplan, o FDP

    Veio mesmo a calhar esta notícia. Assim já ninguém se lembra que ainda ontem o Tribunal de Contas confirmou que a xuxaria os enganou à bruta e à canzana na história dos contratos com as PPP.

  4. Pingback: O caso Miguel Relvas e a crónica hipocrisia da direita instalada (num sítio mal frequentado) « O Insurgente

  5. Pingback: O caso Miguel Relvas e a opção pela auto-descredibilização « O Insurgente

  6. Pingback: A mediática telenovela de Miguel Relvas (3) « O Insurgente

  7. Pingback: Um verdadeiro espírito livre (2) « O Insurgente

  8. Pingback: Miguel Relvas e as pressões sobre jornalistas « O Insurgente

  9. Pingback: O caso Relvas e os novos abrantes « O Insurgente

  10. Pingback: Consequências do caso Relvas « O Insurgente

  11. Pingback: Consequências do caso Relvas (2) « O Insurgente

  12. Pingback: Um princípio geral sujeito a excepções? « O Insurgente

  13. Pingback: Gangrena (2) « O Insurgente

  14. Pingback: Gangrena (3) « O Insurgente

  15. Pingback: Maria José Oliveira demite-se do Público; Bárbara Reis continua em funções « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.