Come, filho, que te faz bem…

Óleo de Fígado de Bacalhau

Proposta do Pingo Doce: Vem trabalhar no 1º de Maio, recebe a triplicar, e ainda tens direito a um dia de folga adicional.

Proposta dos sindicatos: Vem mostrar ao país que quem manda nisto somos nós (sindicatos). Desta vez, como prémio, nem te obrigamos a deitar um dia de salário para o lixo.

Resultado: Os funcionários do Pingo Doce borrifam-se na parada sindical dos donos do 1º de Maio, com os agradecimentos da população.

Bem sei que os comunistas e quejandos têm grandes dificuldades em perceber aquele preceito básico da economia que diz que as pessoas respondem a incentivos mas a mim parece-me que quem está a precisar de uns estágios, não sei se necessariamente na Suíça mas o Prof. Dr. Pedro Lains será a pessoa indicada para nos esclarecer isso, são os sindicatos e em particular a CGTP.

7 pensamentos sobre “Come, filho, que te faz bem…

  1. Ricardo Silva

    Pergunta: Porquê que os sindicalistas não pensam em emigrar, tal como uma enorme fatia da população portuguesa?
    Resposta: Aqui está bom demais 🙂

  2. Ricardo Cerqueira

    Não têm dificuldades em compreender o preceito básico da economia. Detestam-no e combatem-no sempre que possível. E bem sei do que falo…

  3. marta amaral

    Errado. Os patrões pagam apenas a dobrar a quem trabalha num feriado, qualquer que seja. Não lhe dão mais nada – portanto, não há qualquer dia de folga adicional. Nos supermercados ganha-se mal e quem trabalha nos feriados é, em geral, quem está nas posições mais baixas da cadeia.
    Por enquanto, por lei, ninguém é penalizado por não querer trabalhar num feriado. Se nenhuma penalização sofrer por este dumping, talvez para o ano o Pingo Doce seja, também aí, inovador.

    Marta Amaral

  4. Do comunicado do Pingo Doce:

    “trabalhar no dia 01 de Maio de 2011 representará, para todos os colaboradores que entendam apresentar-se ao serviço, uma remuneração de mais de 200 por cento, que acrescem à remuneração de um dia normal de trabalho e a concessão extraordinária de um dia de folga”

    Pelos visto deram mesmo mais qualquer coisa.

    Além disso, é indiferente quem deu o quê. O que interessa é diferença de pacote entre trabalhar no Pingo Doce no 1º de Maio e ir para a manif dos donos do 1º de Maio.

  5. Pingback: Descontos? Mas como se atrevem!? | Ordem Livre

  6. Pingback: Promoção 1º de Maio (2012) | O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.