temporary tranquility

“(…) the best that centrals banks can do is provide what I call ‘temporary tranquility’ and build bridges for other entities with better tools to use. The ECB cannot deal with the labor market in Spain, the ECB cannot deal with fiscal responsibility and the ECB cannot provide fiscal transfers from Germany to Spain. The best the ECB can do is providing tranquility for these other pieces to be put together (…) Europe is a rich continent and a net creditor. There are lots of European institutions; the EU has lots of mechanisms. But the EU institutions are not yet strong enough, don’t have enough resources and don’t have enough credibility. If it’s recourses, the ECB should be the conductor, but the ECB doesn’t have the right instruments. Now people are looking at whether Germany should be the conductor, but Germans are nervous about being in that role. In the end, he [Pimco CEO Mohamed El-Erian] says, “it will require a high degree of mutual trust and it will require a higher degree of coordination.”, no Wall Street Journal.

Uma entrevista a ler.

8 pensamentos sobre “temporary tranquility

  1. Joaquim Amado Lopes

    Dá a impressão que um dos objectivos é chegar às “transferências fiscais” da Alemanha para a Espanha. Se é assim que querem gerar confiança e unidade não entendem a natureza humana e julgam que acabar com a democracia na Alemanha, passando a governá-la a partir de Bruxelas, porá os alemães “na linha”.
    Estão bem enganados e é dessa forma que vão acabar com a União Europeia.

  2. Ricardo Arroja

    “Estão bem enganados”

    O El-Erian estudou no Reino Unido, mas parece-me que não aprendeu nada acerca das divisões culturais na Europa. A sua perspectiva, como é habitual na América, desvaloriza o elemento cultural…que inviabiliza a ideia dos Estados Unidos da Europa.

  3. Paulo Pereira

    Pelo menos parece que a malta já percebeu que não é por falta de euros que não se resolvem os problemas, mas por uma questão politica, ou ideologica ou dogmatica / religiosa.

    Já estamos a evoluir, daqui a mais um ano o neotontismo é enterrado de vez, esta será a vantagem da crise actual, obrigar a malta a perceber que os euros não vêm das minas mas sim dos computadores do BCE.

  4. Joaquim Amado Lopes

    lucklucky (4),
    Há gente que julga que o dinheiro deixou de representar valor, tendo adquirido valor próprio, e que ter “um computador e uma impressora” e o “direito” de imprimir notas equivale à capacidade para criar valor a partir do nada.
    Só não entendo é por que razão não advogam que devemos simplesmente pôr as impressoras a imprimir euros e deixar de trabalhar. Seriamos todos ricos e a poluição deixaria rapidamente de ser um problema.

    “When all the trees have been cut down, when all the animals have been hunted, when all the waters are polluted, when all the air is unsafe to breathe, only then will you discover you cannot eat money.”
    ~ Cree Prophecy ~
    (retirado de http://www.unahi.org/quotes/native-american-quotes.htm)

  5. lucklucky

    Precisamente JAL não percebo porque é que não advogam a impressão de moeda como estratégia de crescimento infinito da economia. O PIB estaria sempre a aumentar. Claro que era só papel a mudar de mãos mas o crescimento seria imenso.

  6. ricardo saramago

    Não dão ouvidos ao camarada Seguro e depois dá nisto.
    Ele está farto de dizer que resolve a crise com uma “adenda ao tratado europeu”.
    Também é precisa “uma agenda para o crescimento”.
    Não querem a agenda e a adenda?
    Depois não se queixem.

  7. Paulo Pereira

    Há gente que continua a pensar ou a querer que os Euros vêm das minas !!! Que raio de fetiche.

    Os Euros, assim como qualquer moeda-fiat são apenas uma ferramenta/tecnologia como outra qualquer.

    Só para manter o fetiche vamos mandar milhões de pessoas para o desemprego e para a pobreza ?

    Aprendam com os progressistas Nixon, Reagan e G.W.Bush, que eles já explicaram tudo há tantos anos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.