‘a dado momento do processo de licenciamento da obra receberam informação de que tinham sido pedidos dois milhões de euros para que o projecto obtivesse luz verde’

Os indícios de um suborno ou de pedido de um suborno para a aprovação do Freeport pelo ministério do Ambiente de Sócrates teimam em persistir. Mas não faz mal: o DCIAP e o ministério público sempre fizeram por ignorá-los, não fossem investigar e descobrir alguma coisa que desagradasse ao poder político do momento.

4 pensamentos sobre “‘a dado momento do processo de licenciamento da obra receberam informação de que tinham sido pedidos dois milhões de euros para que o projecto obtivesse luz verde’

  1. jp

    Com tantas campanhas negras e cabalas, José Sócrates seria um grande interessado em provar ser pessoa respeitável e limpa.
    Até poderia sair por cima.
    Mas, pobre coitado, a justiça não abre sequer os processos de investigação.
    Logo, o homem é uma vítima, da justiça e da injustiça.
    Esperem pelas primeiras prescrições que ele logo aparecerá junto com uma manada de amigos a dizer que “nunca se provou nada” sobre os processos que esta espécie de justiça de certas figuras não abre dê por onde der.
    Porque se abrirem, vai sair porcaria por todos os lados.

  2. jp

    Se a memória não me engana, o canal “Campanhas Negras” da TVCabo passou uma vez umas declarações de um PM que na altura disse não ter tratado de nada nem ter reunido com nenhuma das figuras estrangeiras.
    Se bem me recordo, tinham sido outros a tratar do assunto.
    Agora reparem na frase da limpeza criminal que está no fim do artigo do CM.
    Bate tudo tão certinho que até faz lembrar o Face Oculta…

  3. Luís Lavoura

    E os indícios de suborno para a compra de submarinos alemães por parte do ministério da Defesa de Portas?

  4. Maria João Marques

    ‘José Sócrates seria um grande interessado em provar ser pessoa respeitável e limpa.’
    Claro que isso só poderia vir de uma pessoa sem pontas solta e de alguém que entende ter de dar explicações ao país que governa. A criatura socrática, pelo menos, considera que devíamos dar graças a Deus todos os dias por sermos governados por alguém tão moderno e prograssista como ele.

    Luís Lavoura, não venha confundir o que não se confunde. Quanto aos submarinos, houve investigação e nunca se implicou directamente Paulo Portas; nunca houve investigação a Sócrates, este chegou a pm, existem vários indícios implicando Sócrates directamente e várias contradições, desde logo das palavras do próprio sócrates.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.