Guerra civil no PS passa de surda a aberta

A guerra no interior do PS deixou de ser surda e passou a ser aberta, sendo que cada uma das facções rosas luta com as armas que tem ao seu dispor:

António Costa critica Seguro por fingir que o passado do PS não existe
Paulo Pedroso contra lógicas de refundação interna do PS e de fractura face ao passado
Quebra da disciplina de voto por Isabel Moreira analisada pela direcção da bancada do PS na 3ª feira
Seguro responde às críticas internas dizendo que será “firme”
Comissão Nacional do PS aprova revisão dos estatutos na generalidade com 81% dos votos
Socialistas Renato Sampaio e Isabel Santos abandonam Comissão Nacional em sinal de protesto

4 thoughts on “Guerra civil no PS passa de surda a aberta

  1. Pingback: Uma bomba interna « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s