Raios partam a Economist!

“(…) depois da Krugmania que invadiu o País há uma semana, uma situação algo insólita porquanto Krugman não agradou nem ao Governo nem à oposição do PS, agora é a conceituada “Economist” a perorar sobre a economia lusitana. Infelizmente, o retrato não é famoso, a começar na qualidade da própria reportagem. Enfim, eu subscrevo a “Economist” há muitos anos e considero a sua subscrição, bem como a subscrição da “Newsweek”, o melhor investimento em informação que anualmente faço, quer pela qualidade da sua informação quer pela sua relação preço qualidade onde é simplesmente imbatível. Mas, confesso, este artigo acerca de Portugal deixou-me incomodado pelo conjunto de imprecisões, umas mais grosseiras (sabem, por exemplo, que o nosso Governo tem um Ministério do Mar liderado por um senhor chamado Manuel Pinto de Abreu?!?) e outras menos grosseiras, invulgares numa publicação como a “Economist” (…) O retrato que a “Economist” faz de Portugal, independentemente das suas imprecisões factuais, é o de um país que gastou sem critério e, pior, que parou no tempo. Um país que estagnou e que agora, à pressa, tem de apanhar o comboio da Europa. Infelizmente, digo eu, das palavras aos actos vai uma grande distância e nesse aspecto, regressando aos pormenores mais desgraçados da reportagem, a escolha da “Economist” para porta bandeira da nossa determinação na prossecução de reformas, o Ministro da Economia, não poderia ter sido mais azarada. Não por falta de mérito do nosso Álvaro, por quem eu tenho a mais genuína consideração técnica, mas pelo facto de o senhor Ministro estar, provavelmente, de saída do Governo.”, no meu artigo de amanhã na Vida Económica.

E depois da porrada que amanhã leva na imprensa em português, a Economist vai ainda receber outra por email em inglês!

4 pensamentos sobre “Raios partam a Economist!

  1. esse antonio

    Também sou um velho subscritor da Economist. Da Newsweek já fui… Sobre o artigo ‘The uncertainty society’ sobre Portugal é lamentável, parece, que o mesmo tenha sido escrito por um português que será director de um diário económico… Inflelizmente, ainda não consegui confirmar… mas, se for verdade, ainda é maise mais lamentável.

  2. John

    @tric
    Sugerido no site:
    Porque não banir o palhaço com o nick “tric” do site do insurgente ?
    Claramente este palhaço (de esquerda) não tem mais nada para fazer o dia todo (serão os meus impostos a pagar-lhe o salário?) excepto denegrir o site e os artigos.
    Porquê dar mais liberdade a esta gente do que ela nos daria num blog comunista ou socialista ? Claro está, uma pessoa de direita dificilmente iria perder tempo para fazer o que ele está a fazer, pois são pessoas geralmente que trabalham e têm mais que fazer.

  3. Luis Marques

    Manuel Pinto de Abreu é o secretário de Estado do Mar, a Economist traduziu secretário de Estado como minister!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.