O Ministério da Igualdade

Government should butt out of marriage and churches – Eamonn Butler (Adam Smith Insitute)

“UK Equalities Minister Lynne Featherstone want to legalise gay marriage. Fine by me: I don’t see why gay couples should not be able to sign up for the same obligations, rights and benefits that heterosexual couples observe and enjoy.

She also wants gay couples to be allowed to marry in church, like heterosexual ones. Again, I have no problem with that, if the church is willing to do it.

All good libertarian stuff.

But Ms Featherstone wants to go further, and force churches to officiate in gay marriages, whether they like it or not.

(…)

Likewise, Ms Featherstone should keep her nose out of what the churches choose to do. They too may have their own minimum standards for marriage, which couples have to sign up to before they can expect to be married on the premises. Fine. Churches are private clubs, let them get on with it. Personally, I would be campaigning for them to accept gay couples, but I wouldn’t force church officials to betray their consciences. These are deeply held ethical positions. Churches have been thinking about the morality of lifetime partnerships a good deal longer than Ms Featherstoe has.”

A somar às pérolas desta senhora estão a discriminação “positiva” no emprego e a sua crusada pela introdução de passaportes sem género.

“We are all unequal. No one, thank heavens, is like anyone else, however much the Socialists may pretend otherwise” – Margaret Thatcher

3 pensamentos sobre “O Ministério da Igualdade

  1. neotonto

    Outras tres breves pèrolas mais e ja podemos fazer um ressumo do “ideario” da dona…

    -Qualquer mulher que entenda os problemas de funcionamento de uma casa está muito perto de entender um país.

    – Vale a pena conhecer o inimigo … entre outras coisas, a possibilidade de algum dia tornar-se um amigo.

    – Vivemos na era da televisão. Um único tiro de uma enfermeira bonita ajudando a um velho de uma sala diz mais do que todas as estatísticas de saúde.

  2. M.Almeida

    Infelizmente essa pérola dos passaportes já se passou na Espanha de Zapatero. Aconselho vivamente a lerem o livro “ZP – Proyecto Zapatero” pois talvez aí as pessoas entendam o que está por detrás destas absurdas decisões políticas. Se nada fizermos, quando acordarmos será tarde, portanto seria bom que todos nós , A MAIORIA, não nos deixássemos levar (com a desculpa de que somos tolerantes submetemo-nos a uma MINORIA) nesta cantiga da ideologia do género. Seria bem importante , todos nós, lermos e divulgar mais sobre este assunto. Aconselho vivamente que se divulgue também um livro que está a gerar polémica nos EUA mas que seria importante ler e divulgar – “A Queer Thing Happened to America: And What a Long, Strange Trip It’s Been” http://www.amazon.com/Queer-Thing-Happened-America-Strange/dp/0615406092

  3. JSP

    Não nos preocupemos : a “nova ordem” , que está ao virar da esquina, vai eliminar todas estas infantilidades ( “infantilidades” que têm uma quota -parte não desprezível no suicídio ocidental).
    Chineses e Russos têm uma muito tradicional forma de tratar estes epifenómenos.
    Reordemos as tentativas dos desfiles do orgulho paneleiro em Moscovo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.