Lista de apoiantes do PL118

Lista de apoiantes da nova lei da Cópia Privada (Projecto de Lei 118):

Abel Neves
Adolfo Morais de Macedo
Adriana Duarte
Aldina Duarte
Alexandre Soares
Álvaro Faria
Álvaro Salazar
Amélia Muge
Ana Zanatti
Anamar
André Letria
André Sardet
Antonino Solmer
António Valdemar
António Avelar Pinho
António Casimiro
António Damião
António Homem Cardoso
António Macedo
António Manuel Ribeiro
António Melo
António Moreira Alvarinho
António Pedro Vasconcelos
António Pinho Vargas
António Rebordão Navarro
António Sala
António Torrado
António Victorino d’ Almeida
Arsénio Mota
Baptista-Bastos
Benjamim Monteiro
Benjamin Gonçalves Veludo
Cândido Lima
Carlos Alberto Moniz
Carlos Nobre
Carlos Vidal
Catarina Amaro
Eduardo Olímpio Espada
Emanuel
Erica Amaro
Ernesto Leite
Eugénia Ávila Ramos
Eugénia Bettencourt
Eugénia Melo e Castro
Eugénio José Pepe Costa
Eugenio Lopes
Fausto Bordalo Dias
Fernanda Brito
Fernando Chaby
Fernando Correia Marques
Fernando Martins
Fernando Tordo
Filipe Andrade
Francisco Conceição Oliveira Santos
Gil do Carmo
Gimba
Gonçalo Salgueiro
Guilherme Leite
Helena Cardoso
Herman José
Isabel Medina
Jaime Gralheiro
João Cavadinhas
João David Nunes
João Gil
João Lourenço
João Matos Silva
João Monge
João Nuno Represas
João Raul
Jorge Costa Pinto
Jorge Leitão Ramos
Jorge Mendes
Jorge Paixão da Costa
Jorge Rivotti
José Cabeleira
José Cid
José da Ponte
José Duarte
José Emanuel Furtado Cardoso Castanheira
José Fanha
José Fonseca e Costa
José Jorge Letria
José Mário Branco
Jose Mário Coelho
José Moz Carrapa
Júlio Montenegro
Lauro Portugal
Leonor Xavier
Lídia Franco
Lígia Teopisto
Luis Aleluia
Luis Alves Matos
Luís Caracol
Luis Carlos Moreira Cruz Oliveira
Luis Filipe Costa
Luis Oliveira
Luís Represas
Luís Varatojo
Madalena Iglésias
Mafalda Veiga
Manuel Faria
Manuel Freire
Manuel Jorge Veloso
Manuel Mata da Nazaré
Manuel Paulo
Manuela de Freitas
Manuela de Moura Sá Teles Santos
Márcia Lúcia Amaral Fernandes
Maria Alberta Menéres
Maria de Lourdes de Carvalho
Maria de Lourdes Martins Neves
Mário Cabrita Gil
Mário Martins
Ménito Ramos
Miguel Guedes
Mike Sergeant
Nelson Rosado
Norberto Ávila
Nuno Gomes dos Santos
Paulo de Carvalho
Paulo Sérgio Santos
Pedro Abrunhosa
Pedro Barbosa
Pedro Brito
Pedro Campos
Pedro Delgado
Pedro Duarte
Pedro Henrique Correia de Brito
Pedro Luís Neves
Pedro Vaz
Pedro Wallenstein
Renato Junior
Ricardo Azevedo
Ricardo Costa
Ricardo Ferreira
Rodrigo Leão
Roseta Caixinha
Rui Araújo
Rui Calças
Rui Correia
Rui Fingers
Rui Mendes
Rui Vieira Nery
Salvato Teles de Menezes
Sérgio Godinho
Sergio Rosado
Sofia Espírito Santo
Teresa Madeira
Tozé Brito
Urbano Tavares Rodrigues
Vasco Graça Moura
Vasco Ribeiro Casais
Vitor Joaquim
Vitorino Salomé

Contacto: secretariado.administracao@spautores.pt

Lisboa, 24 de Janeiro de 2012

(via SPA)

Advertisements

13 thoughts on “Lista de apoiantes do PL118

  1. André A. Correia

    Está lá o Vitorino mas não está o Janita. Será que quer dizer que nem irmãos estão de acordo? Divagações, divagações…

  2. jp

    Vai-se importar hardware pelo eBay como nunca. Mais uma cacetada no comércio nacional e mais dinheirinho para o PayPal/eBay.

  3. hcl

    Não é nada estranho que, a malta que é suposto receber o bago, apoie o saque.
    Como são artistas, fazem tudo em nome da cultura, desinteressadamente.

  4. I

    Tantos artistas a quererem reformar-se à custa de um comércio a que são alheios. Vergonha.

    OK. E a lista dos “desapoiantes” do PL118 ? 10.000.000 – 150 = 9.999.850.

  5. Rafael Ortega

    Não conheço a maioria, mas ao ler alguns nomes…
    “Oh que surpresa, este artista apoia que os artistas recebam mais dinheiro à minha pala…”

  6. Alexandre Gonçalves

    O que responderiam esses ilustres artistas se o governo resolvesse fazer o seguinte:

    Uma taxa de 5 cêntimos incluída no preço do gasóleo por conta das ilegalidades que todos cometemos ao volante mas que nunca são detectadas.
    Todos nós, com frequência, ultrapassamos os limites legais de velocidade com frequencia sem sermos apanhados.
    Com o fim de evitar que essas ilegalidades fiquem impunes, eu sugeria a criação de uma taxa 5,…. bem, se calhar é melhor 10 cêntimos, sobre o preço do gasóleo.
    – “Mas…mas eu não ultrapasso os limites de velocidade nunca, que justiça é essa de eu pagar por uma infracção que não cometi?”
    – “Não interessa, como andas na estrada a probabilidade de o fazeres é grande, logo paga a taxa e não bufes”

    Que dizem deste brilhante e novo método de arrecadar receita? Não me querem promover a ministro das finanças? Com imaginação e dentro desta linha de raciocínio, resolvo o problema do défice num instante.

  7. Marco

    A SPA aceita inscrições ?! É que se sim vou ali berrar ao microfone, editar um cd que com o software disponivel e em 10 minutos transformam-me na proxima Shakira e com essas ideias mafiosas (afinal a máfia trata de meter uma taxa aqui e ali) podia-me reformar uns 30 anos antes …

    Como foi dito só aumenta a importação de bens a partir de fora. Eu normalmente já sou bastante dado ao Amazon e outras lojas assim que me mandam as coisas para casa em 2 ou 3 dias, sem ter sequer de gastar combustivel e tempo. O Amazon na assistência é 5 estrelas, pela minha experiência até agora.

    Além de que, mesmo que me oferecessem a musica desses manfios listados assima, gratuitamente, não queria pois não faz parte dos meus géneros musicais. Para além de conhecer apenas uma minoria dos nomes citados. Quer isto dizer que vou ter de andar a pagar por coisas que não ouço, não vou ouvir, nem quero ouvir ? A menos que passe na rádio … mas aí já pagamos todos taxas.

    A máfia moderna dos governos europeus, estende-se às instituições corruptas de interesses instalados.

    Se esta gente oferecesse uma mais valia a preços adequados aos seus clientes, sob as cópias piratas, se calhar não tinham tanto que temer a pirataria. A pirataria existe porque não estão a oferecer aos clientes o que eles pedem a preços que eles estejam dispostos a pagar. Além do actual modelo de negócio estar morto. A pirataria residual sempre vai existir, tal como os roubos nos supermercados, há é que pensar em minorizá-la.

  8. A coisa foi feita, telefonicamente (nos casos em que contactaram as pessoas, que já há quem se tenha chegado à frente, dizendo não ter sido consultado) nos seguintes termos: Epá….posso pôr o teu nome numa abaixo assinado anti pirataria?

    Contactados directamente, alguns autores dizem, em privado, que não concordam com a lei, e que é uma roubalheira, e que não beneficia os autores e os artistas, mas não posso assumir isto publicamente, nem pedir para tirarem de lá o meu nome, porque depois vêm as represálias.

    Compreende-se, como a SPA integra autores, intérpretes e editoras, defende maioritariamente os interesses do dinheiro.

    É uma espécie de associação onde estão os sindicatos e a CIP, do mesmo lado da barreira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s