Delito de opinião?

Esta opinião de Pedro Rosa Mendes valeu o fim abrupto do espaço de comentário “Este Tempo – 5 cronistas” da Antena 1. Se não der muito trabalho, gostaria que alguém com responsabilidade sobre o caso o esclarecesse.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Delito de opinião?

  1. Luís Lavoura

    Qual seria a empresa privada de mídia que toleraria que um qualquer fazedor de opinião publicasse, nela, uma opinião contra um programa transmitido pela própria empresa?
    O que Pedro Rosa Mendes fez foi utilizar um canal da RTP (a rádio Antena1) para criticar um programa emitido por outro canal (a televisão RTP 1) da mesma empresa. Qualquer fazedor de opinião que fizesse o mesmo numa qualquer empresa privada teria sofrido, com toda a probabilidade, o mesmo destino.

  2. PedroS

    “Qualquer fazedor de opinião que fizesse o mesmo numa qualquer empresa privada teria sofrido, com toda a probabilidade, o mesmo destino.”

    Claro que sim, mas a RTP não é “uma qualquer empresa privada”: os seus “clientes” não têm possibilidade de deixar de a financiar como acto de protesto, mas são obrigados a pagá-la quer gostem ou não.

  3. Pingback: Será verdade? (republicado e acrescentado) | Total Blog

  4. Pingback: Relações perigosas… « O Insurgente

  5. Pingback: A mediática telenovela de Miguel Relvas « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.