Nanny state sem limites

Mais um caso exemplar: Where the nanny state leads.

5 pensamentos sobre “Nanny state sem limites

  1. António Costa Amaral (AA)

    The drastic measure was taken because, according to the child protective services, the couple were not bringing the children up properly. What did they do wrong? They fed the children with their hands and the infants slept in the same bed as the parents.

    O Estado não tem problemas em retirar uma criança aos seus pais — mas argumenta contra as “barrigas de aluguer” com base em construções de “problemas éticos com a quebra do vínculo entre mãe e criança” ou nuances da coisa…

  2. Luís Lavoura

    O Rui Carmo está a confundir o princípio geral – de que uma criança deve ser retirada aos pais caso estes não a eduquem devidamente – com uma aplicação particular errada devia a diferenças culturais.
    Trata-se de uma falácia. O facto de uma aplicação particular estar errada não implica que o princípio geral o esteja.

  3. António Costa Amaral (AA)

    Não. Não há qualquer tentativa dedutiva a partir do artigo.
    O princípio está errado e este é um _exemplo_ da aplicação do mesmo.

  4. GriP

    ” uma criança deve ser retirada aos pais caso estes não a eduquem devidamente”

    Defina “educar devidamente”… mas que grande princípio geral este que assenta numa forma tão abstracta?

  5. GriP

    O socialismo tem destas particulares, quando falha é porque as coisas não foram aplicadas como deve ser e no devido grau. Quanto ao sistema, este funciona muito bem, o problema é apenas da personificação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.