Boicote aos Boicotantes do Pingo Doce

Há quem boicote o Pingo Doce.
Provavelmente preferem o Continente (sede também na Holanda) ou o Lidl (sede na Alemanha). Coisas de bairrismos germânicos, certamente.

A quem não concordar também com estes bairrismos germânicos, eu vinha aqui sugerir a página do Facebook para Boicote a quem faz Boicote ao Pingo Doce.

Façam-se fãs, sugiram boicotes, e sobretudo, divirtam-se!

6 pensamentos sobre “Boicote aos Boicotantes do Pingo Doce

  1. João Melo

    O Ricardo Campelo tem toda a razão no facto de a JM não ser a única empresa da grande distribuição a aproveitar o “Dumping” Fiscal da Holanda. No entanto não deixa de ser também um facto que o Dumping Fiscal devia ser abolido na Europa porque lança os países uns contra os outros. Quando há todo um movimento europeu (imposto pela troika) de harmonização da legislação laboral é justo que essa harmonização também se faça por cima ao nível das políticas fiscais dos países europeus. O boicote que se devia fazer era aos produtos “made in Holand” e “made in Ireland” para se forçar estes dois países a mudarem as suas políticas fiscais.

  2. Ricardo Campelo de Magalhães

    João,
    O que o João chama “dumping” eu chamo de “concorrência fiscal”.
    O que o João chama de “harmonização da legislação”, eu chamo de “monopólio do uso da força”.
    O que o João chama de “forçar estes dois países a mudarem as suas políticas”, eu chamo de “ditadura”.
    Eu sou a favor da concorrência, da liberdade de sair, e de mais autonomia local.
    O João favorece um monopólio fiscal a nível Europeu, muros de Berlim económicos que não deixem as empresas se moverem à vontade e de decisões impostas de Bruxelas.

    Já pensou desta forma? 😉

  3. Não me parece que boicotar o Pingo Doce seja útil. Penso que a JM já se terá arrependido de não ter comunicado adequadamente a sua decisão.
    Quanto aos comentários relativos á concorrência, parece-me que precisam de ser aprofundados. O mercado tem ineficiências e a concorrência sem regras pode prejudicar o interesse público. É importante que não vigore a lei do mais forte, senão a inadequada distribuição de rendimento (certamente o principal risco para a nossa civilização) será uma certeza. Pensem em como aplicariam a teoria dos jogos à economia real.

  4. JS

    Se os produtos do Pingo Doce oferecerem melhor relação preço/qualidade não há sugestão de boicote, de uma esquerda(*) demagógica e inculta, que resulte.
    Mas vejamos: se tal viesse a acontecer, o que não é plausível, com resultados de exercício negativos, o Pingo Doce fecharia as portas. O consumidor ficaría com um pseudo-patriotismo inchado, mas certamente a perder, no bolso, com a falta de concorrência nesta àrea da distribuição.
    (*) Tudo isto poderá ser orquestração do Lidle ou Sonae. 🙂 “Just joking”.

  5. Agostinho L. Barreiros

    As empresas do Grupo Jerónimo Martins são muitas; não é só o Pingo Doce, Feira Nova e Recheio; as pessoas que apelam ao “boicote” devem lá ter os filhos como funcionários mas não sabem! Então boicotem porque estão a aumentar o desemprego, estão a dar tiros nos pés e muito mais… perguntem aos colaboradores se estão mal! Recebem prémios de produtividade, de desempenho e a “treta” dos que dizem mal é porque têm dor de co…tovelo, que é para não dizer outra coisa. Sei do que falo, porque trabalhei lá desde os tempos da NUTRIPOL, até há pouco tempo, porque me reformei. Ficavam mais contentes se fosse outra vez o tempo do PREC, com salários por pagar no tempo em em que uma op. Cx, ganhava 5.75 € e só recebia em meados do mês do seguinte… o salário minimo actual era há três anos 500€ e o sub. de almoço 100€ . Portanto, “metam a viola na caixa” e deixem as Empresas privadas criar riqueze e emprego!
    Mota- engil, Galp emuitos outros e não se fala em boicote á gasolina e outras como Pt´s e Compª. Olhem para a “bagunça” dos Transportes Públicos, estivadores, etc. Vão de Viseu cinco camionetes de manhão para o Porto com 10 ou 15 passageiros de meia em meia hora, porquê? Deixam 1 passageiro em Albergaria e recebem outro!! Isto é rentável?? Abram os olhos e façam uma gestão de lucro!
    O que dá prejuízo, fecha. Ponto final. Se os dos combóios recebessem no meio do mês seguinte, “abriam a pestana” num instante!!!!
    Quando a “barriguinha der horas” e os preços/qualidade continuarem a baixar, façam “boicote” que é para eu ver!!!!!!!!!

  6. Pingback: Top posts da semana « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.