Duas notícias, duas

Vítor Gaspar tem alcunha de ‘Salazarinho’ entre os colegas

Vítor Gaspar é o ministro mais popular entre os portugueses

5 pensamentos sobre “Duas notícias, duas

  1. tric

    Salazarzinho!!?? depois do orçamento de 2012, feito por Vitor Gaspar, com doses duplas de ilusão… chamar Salazar a Vitor Gaspar é uma paródia…quando muito Teixeira dos Santos do PSD, ou Vitor Constâncio do PSD, face às previsões todas erradas que produz…Salazar, tenham juizo…ainda para mais quando Vitor Gaspar faz um negócio ruinoso para o Estado com a Banca…este governo é mesmo uma nulidade, chamar salarzinho…teixeira dos santos, é o que é…se fosse um salazarzinho já ha muito que tinhamos saido do euro…dessa ficção…

  2. Pável Rodrigues

    Pois, pois. Chamam-lhe salazarinho ou outra coisa qualquer, que isso não causa mossa, desde que ele continue a comportar-se como alguém que sabe o que quer e o que se deve fazer para tirar Portugal do pântano. Além disso, tal epíteto só demonstra falta de conhecimento dos seus pares. Se há alguém neste Governo que de nenhuma forma se pode confundir com a “salazarenta figura” é justamente o Dr. Vitor Gaspar.
    O Dr. V. Gaspar é a garantia de que, com ele, este governo não enveredará pelo facilitismo e compadrio com lóbis, lojas e seitas como todos os anteriores. Já o mesmo não posso infelizmente dizer do Dr. Passos Coelho. Ou muito me engano, ou o Dr. Passos Coelho está a fazer do Dr. M. Relvas um sucedâneo do Dias Loureiro no tempo de Cavaco Silva. Depois da gestão do processo RTP, entrega-lhe agora a gestão de outro processo sensível e milionário, como é caso do Plano de Ordenamento para a Margem Ribeirinha! Outro caso que me parece preocupante, prende-se com as cedências não assumidas do Dr. Paulo Macedo relativamente ao lóbi da saúde. Há nomeações para certos cargos e outras decisões relativamente a medidas que parecem ter mais em conta a satisfação de reivindicações que rendam (?) popularidade, do que a defesa dos interesses económicos e financeiros envolvidos.
    Parece-me, quer num caso quer noutro, que ali há rabo escondido com os gatos de fora…mas oxalá eu esteja enganado.

  3. o fantasma

    Eles bem querem imitar.Para começar chamar Salazarinho,já é um elogio,ao dito.
    Já agora não haverá por aí uma luminária que diga qual a diferença entre a situação económica 1926/7/8/ e a de agora?Pois concerteza haveria muitos portugueses que gostariam de saber.Só assim se poderia avaliar entre os politicos de então e os de agora.
    Assim já podiam chamar de Salazarinho ao ministro. Mas mesmo assim e por aquilo que se vê,ainda falta muito para que se lhe possa chamar de Salazar.O Homem já morreu á tanto tempo,é altura de o deixarem em paz e sossego. Mas que fazia falta outro como ele lá isso fazia…..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.