A demografia e os professores a mais (2)

Fonte: PORDATA. Complementa a análise do Carlos Guimarães Pinto.

6 pensamentos sobre “A demografia e os professores a mais (2)

  1. Isto até dói ter que comentar…
    Enfim…
    Duas ideias para alargar (rasgar?) horizontes a quem não percebe disto.

    1) Considera o autor do post que a Educação estava em 1975 num estado de desenvolvimento satisfatório?
    2) Deu-se o autor do post ao trabalho de fazer a segmentação entre “professores” e “professores efectivamente em exercício nas escolas”?
    3) Deu-se o autor do post ao trabalho de verificar se muitos destes professores não são contratados com horários incompletos devido aos actuais entraves par o seu completamento, algo que antes não existia, fazendo com que existam milhares de professores em situação de “sub-horário”?

    Tudo novas “variáveis” para uma abordagem menos simplista das coisas.

    Tendo eu sido acusado de só usar uma variável, resta saber como é que os meus caros amigos lidam com a contextualização do que envolve cada uma das varáveis que usam.

    Anoto ainda, com evidente emoção, como recuperam as teses de Valter Lemos nos períodos de maior confltualidade com os professores.

  2. Pingback: A demografia e os professores a mais « 25 de Novembro sempre !

  3. A tia voltou para lhe dizer meu caro insurgente moralista que não tem que se preocupar com o nº de professores nem de alunos. Pode agora pensar em demografia e enfermeiros, demografia e advogados, demografia e homossexuais, demografia e psicólogos, demografia e acompanhantes de luxo,demografia e homeless, demografia e cantores de ópera, demografia e lésbicas. demografia e humor, demografia e mercado de capital, demografia e mercado de peixe, demografia e criminalidade, demografia e corrupção, demografia e economia, enfim….. acho sempre o seu pensamento muito back to the basic, o que não é mau de todo para quem é.Adoro adoro as suas versões superficiais e superfluas dos assuntos. Uma Corin Telhado da análise política, uma Alexandra Solnado da espiritualidade, sei lá, olhe sei lá!!

  4. Caro Paulo Guinote, tenho bastante consideração por aquilo que costuma escrever. Mas, sinceramente, por muitos pinotes que que dê não há como desmentir que a rede de ensino está sobre-dimensionada para a realidade que temos. E digo isto com pesar, porque, tal como você, sou professor.

  5. A. R

    Os números falam por si: o resto é cosmética. E a mulher por mais feia que seja não vai lá com a maquilhagem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.