Defesa do ambiente é com a China

China, o poluídor-mor, através do ministro dos negócios estrangeiros critica duramente o Canadá por ter escolhido aplicar o dinheiro noutras aventuras, enviando de caminho o protocolo de Kyoto às urtigas. Extraordinário.

Anúncios

9 pensamentos sobre “Defesa do ambiente é com a China

  1. Inveja pura e despeito. Porque a China, sob a liderança firme, mas sábia, do partido Comunista está a dar um segundo grande salto em frente que a tornará na nação mais avançada do planeta e mostrará à humanidade que o verdadeiro marxismo (sem distorções) há-de guiar a humanidade na direcção do progresso e do amor universais. E o PCP (M-L) ainda há-de voltar!

  2. Zebedeu Flautista

    Uma curiosidade que tenho é que todo o esquerdista que conheço acredita piamente no aquecimento global. Já os que pendem para o libertário negam e apresentam o embuste como uma forma de impor taxas e regulamentos podendo descambar num fascismo global. Todos apresentam estudos e teorias mas continuo indeciso e céptico. Devo estar condenado a ser um cinzentão do centrão que não ata nem desata.

  3. Ramone

    “3.João, a China está a caminhar rumo ao comunismo via capitalismo selvagem…”

    Julgo que neste momento a dinâmica é outra.
    Num primeiro momento, o capitalismo ocidental devorou o comunismo chinês, num segundo momento o capitalismo chinês está a devorar o capitalismo ocidental.

    (num terceiro momento, talvez, o capitalismo devorar-se-á a si mesmo, mas o que daí resultasse não se sabe.)

  4. ruicarmo

    A “América” só pode ser um grande país. Não é de facto para todos: um continente ser reduzido a um único país.
    Porque não tenho os dados dos “campeões”, todos ficaríamos a ganhar se o oscar maximo fornecesse os dados e/ou fontes de onde retira as razões para o seu comentário. De qualquer modo e em relação ao post, não me chegou a informação que a secretária de estado tivesse criticado o Canadá pela sua livre e saudável iniciativa. Se puder enriquecer o debate, faça o favor.

  5. lucklucky

    “O poluido-mor é a América.”

    Não é. O poluidor-mor é aquele que usa os recursos e não extrai nada deles excepto para sobrevivência.
    Ou seja está gastar recursos e não aprende nada nem desenvolve tecnologia.

    A Africa é muito mais poluidora que os EUA. A URSS foi um monumento à poluição.

  6. oscar maximo

    Mais vale gastar os recursos em sobrevivência, que em retrocessos. Por exemplo, andar a negociar emissões inexistentes como o Gore, ou preconizar crimes contra a humanidade, como o mesmo Gore faz, ao promover os bio-combustiveis. Aqui o retrocesso é evidente, é a operação inversa da chamada “revolução verde”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.