The Bundesbank cornering the Bund market!

“(…) This tale revolves around what analysts are already describing as the worst auction of German bunds in recent times. As Bloomberg noted, the German government sold €3.6bn ($4.9bn) in new 2 per cent 10-year bonds at an average yield of 1.98 per cent on Wednesday. The total auction was meant to be for €6bn. As such, this can be described as technically uncovered (…) That, alongside the fact that the Bundesbank is retaining an ever greater share of bonds from auction, suggests only one thing to the logical mind. It is the Bundesbank which is cornering the bund market on purpose. And it’s doing so to ensure that the one last repo rate in Europe that can be controlled remains suppressed. The rate is important to suppress because almost all interbank funding is now done on a secured basis against the best quality collateral. Which implies two important points: 1) that the ECB itself has lost control and depends almost entirely on the Bundesbank to enforce its low rate policy target and 2) that the Bundesbank is having to retain more bunds from the market than ever before just to ensure the last functioning repo rate in Europe doesn’t spiral out of control.”, hoje no FT Alphaville.

Caros leitores, lembram-se daqueles tempos em que, em vésperas de Portugal ser intervencionado, o então Secretário de Estado do Tesouro, com ar triunfante, aparecia na televisão a dizer que as emissões de dívida pública nacional eram um enorme sucesso devido à elevada procura e que esta era muito superior à oferta? Lembram-se? Pois bem, hoje tivemos a prova provada de que, nestes leilões de dívida, o rácio entre a procura e a oferta pode não querer dizer absolutamente nada – como, de resto, já sabíamos pela experiência portuguesa!

Hoje, a Alemanha foi ao mercado para “levantar” seis mil milhões de euros. Mas “levantou” apenas dois terços daquele montante. Em linguagem técnica, a operação resultou num “bid-to-cover” (relação entre a procura efectiva e o montante máximo a leiloar) de apenas 0,65. Um fracasso, diria, provavelmente, o nosso (outrora) Secretário de Estado! Mas não…a taxa de juro média, saída do leilão, até foi inferior à taxa de juro de referência no mercado secundário, pelo que, em teoria, haveria espaço para vender uma percentagem maior da emissão. Pois, então, que terá acontecido?

Ora, o Financial Times alega que a avaria de hoje foi o resultado de o Bundesbank ter decidido açambarcar o mercado de dívida pública alemã. Sim, leu bem, açambarcar! Enfim, parece coisa daquele célebre filme “Ricos e Pobres” (em que o personagem de Eddie Murphy açambarcava o mercado de frozen orange juice…), mas é verdade: o banco central alemão, que tem por hábito reter uma parte das suas emissões (que destina às suas próprias reservas), terá decidido, de acordo com a teoria especulativa do FT, ficar com um terço da sua emissão. Agora, porquê e para quê? Primeiro, porque a verdadeira reserva de valor hoje em dia na Europa são títulos de dívida pública alemã – essa é que é a “hard currency” na zona euro. Segundo, para que o Bundesbank possa conservar o estatuto de “good bank” em oposição ao estatuto de “bad bank” que o BCE, com uma exposição de quase duzentos mil milhões de euros a activos tóxicos para uma base de capital que não chega a uma dezena de milhares de milhões, infelizmente já atingiu.

Em suma, o Bundesbank está a preparar-se para o “default” das dívidas periféricas, para o desmembramento da zona euro e até, imagine-se onde isto pode chegar, para a falência do próprio BCE. E está a tentar garantir que, se e quando isso suceder, não terá de depender de terceiros. Raios, que malditos boches!

10 pensamentos sobre “The Bundesbank cornering the Bund market!

  1. Paulo Pereira

    O BCE está a ficar sem Euros, vai ser um desastre.

    Estes alemães são uns pontos, pregam o mercado livre mas depois não cumprem o que pregam.

    E temos aqui um primeiro-ministro completamente Neotonto a desdizer a proposta de Eurobonds do seu colega Durão Barroso.

    Irra que gente burra !

  2. Paulo Pereira

    Só porque uma proposta é considerada patética por gente ignorante e falsamente moralista, não deve ser por isso que se deve desistir.

    O Churchill também foi considerado patético e depois resultou. É preciso coragem e persistência tal como foi há 70 anos atrás.

  3. Monti

    MRPP um dia…MRPP sempre.
    Pérola de Durão Barroso: “A maior potência emergente do mundo é a União Europeia”
    Seguramente, para os eu salário actual.

  4. Pingback: A União Europeia está a cair aos bocados (Soapbox Opera). | Um Jardim no Deserto

  5. Confesso a minha surpresa. Tinha a ideia d q os bancos centrais de paises da zona euro nao podiam comprar div publica. Posto isto pergunto: e qta divida publica terá o bportugal?

  6. Zebedeu Flautista

    A balofa da Merkel que faça mas é o favor de se retirar da zona euro e quem quiser que vá com ela. Mal saia é só ligar as rotativas até o euro valer menos 50% e ganhar competitividade sem baixar os salários nominais. Depois já podemos pagar a divida mas de preferência em bens e serviços,i.e., hotelaria, vinho e enchidos.

  7. lucklucky

    Haha então é por causa do preço do euro que não vendemos hotelaria, vinho e enchidos.
    Zebedeu esperava melhor.

  8. neotonto

    Mal saia é só ligar as rotativas até o euro valer menos 50% e ganhar competitividade sem baixar os salários nominais.

    Haha então é por causa do preço do euro que não vendemos hotelaria, vinho e enchidos.
    Zebedeu esperava melhor.

    O sr. Zebedeu nao está pensando mal, nao senhor. O que esquenceu foi incluir que as impresoes dos novos euritos (em vez de fotos com paisagens dos tantos paises europeos e assim) se faça com fotografias de presidentes amaricanos.

    Entao sim era a boa sinal para atrair tantas moscas no mel. Até fico seguro que o Luck entao concordaria…

  9. Pingback: desligar o suporte vital « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.