Crianças proibidas de Encher balões

Com o rescaldo das eleições da Madeira, é fácil afrouxar o “Nany State Watch” e perder algumas pérolas. Por exemplo esta:

Children to be banned from blowing up balloons, under EU safety rules

Ou seja: como há risco de engolir o balão e daí advirem consequências nefastas, crianças com menos de 8 anos estão proibidas de encher balões sem supervisão adulta.

Estão também proibidos assobios e diversos tipos de jogos, para proteger a segurança das crianças, claro. E claro que os avisos a la tabaco irão também surgir porque, afinal, aquilo pode matar os miúdos.

Não sei como até hoje houve crianças. Os pais não podem ser confiados e se não fosse o Estado não sei o que seria de nós!

No jogo desta semana: Segurança 1 – 0 Liberdade. A Segurança continua com uma boa vantagem sobre a Liberdade e a esta altura não se vislumbra qualquer hipótese de a Liberdade ainda vir a vencer o campeonato.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Crianças proibidas de Encher balões

  1. Luís Lavoura

    As crianças não podem ser proibidas pelo Estado de encher balões. Pode, quando muito, o balão vir com um aviso a dizer que é perigoso ser cheio por uma criança.

    O Estado não tem um polícia atrás de cada criança.

    Quanto à proibição de assobios, faço notar que há diversíssimos jogos (existentes ou potenciais) que estão proibidos.

  2. eu penso que as directivas da UE apenas regulam as condições em que um produto é produzido e comercialiado (até porque o argumento para haverem essas directivas é impedir que os Estados usem as suas próprias directivas para fazerem protecionismo encapotado).

    Por outras palavras, duvido sinceramente que haja alguma directiva proibindo as crianças de brincar sozinhas com balões (no máximo, poderá haver uma directiva dizendo que os balões têm que vir com um aviso dizendo que crianças não devem brincar sozinhas com eles).

  3. Pingback: Talvez ainda haja esperança para a UE « O Insurgente

  4. Ricardo Campelo de Magalhães

    Eu para ser sincero também não estive a ler a lei original, pois não sou advogado e sinceramente não é a minha praia. Mas a notícia do Telegraph deixou-me de boca aberta e achei que muitos aqui gostariam de saber onde o Estado já vai no seu objectivo de garantir a “segurança” e de limitar a liberdade das pessoas.

  5. lucklucky

    Daqui a uns tempos teremos os primeiro caso de pais acusados de negligencia por deixarem os filhos brincarem com balões.
    Depois teremos comissões, advogados especializados e mais um prego no caixaão da civilização.

    Obsceno.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.