Segue forte o combate implacável do governo à despesa pública (2)

O IVA na electricidade e no gás vai passar já no último trimestre da taxa reduzida de seis por cento para a taxa normal de 23 por cento, anunciou o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, numa curta declaração esta manhã.

Quando se convocam conferências de imprensa para apresentar colossais cortes na despesa e ao invés sai na rifa um novo aumento do IVA, e já se vão antecipando medidas e receitas acordadas para o ano de 2012 do lado da receita, sem qualquer vislumbre efectivo ao fim já de meses de governo de medidas substanciais de corte de despesa pública (muito menos ao nível dos aumentos de receita anunciados), parece que começamos a abandonar o domínio da boa-fé.

Começa sim a parecer que estão a querer gozar connosco.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Segue forte o combate implacável do governo à despesa pública (2)

  1. Manuel

    Com ou sem cortes na despesa, o que certamente não vão faltar são os adjectivos contundentes. Até a troika se deixa contagiar, classificando o progresso das reformas como “muito impressionante”.

  2. vitor jesus

    Eu só consegui ler as primeiras noticias do dia por volta das 15h. Estive até agora à procura, em tudo qto era jornal, das tais medidas draconianas e dos cortes a direito e mais nao-sei-quê. Nada. Havia umas coisitas sobre o IVA na electricidade mas achei tão irrelevante (para as expectativas que tinha) que nem liguei. Nada. Começo agora a ler blogs e paro no teu post. Pronto, é isto. Nao há mais nada para dizer.

    Verdadeiramente, e por outras palavras, vão gozar é para a p*** que os p****.

  3. O NOSSO TRISTE DESTINO

    A ILUSÃO DEMOCRÁTICA e a leucemia social
    Apenas com um Ditador (v.g. Salazar…) é possível diminuir a Despesa do Estado , contrariando a Lei de Wagner (aumento irreversivel da
    democrática Despesa do Estado) .
    O “socialismo de gaveta”
    e esta “democracia socialista cavaquiana” , não diminuem a
    Despesa do Estado , enquanto houver o dinheiro dos outros (Margaret Thatcher) incluidos os tradicionais contribuintes .
    “Pedir dinheiro emprestado”
    é já sinónimo de aumento da Despesa do Estado.
    Só de Dezembro a Junho , a
    Divida do Estado aumentou “ 4 mil milhões de contos” !!!…
    E os Juros ? Quem os vai
    pagar ??? Quantas gerações ? Quantos crimes financeiros
    já foram praticados ?
    Continuamos na senda de Sócrates … a caça ao voto para sobrevivência da parasitária “oligarquia politica” com a sua clientela , apoiadas por mais
    230 iluminados … e assim fomos transformados num já mal
    cheiroso “bolo” confeccionado com um PM(CS)+PR(CS) ,
    recheado com Sócrates , e vendido por PPC+CS …
    Uma curiosidade : a tese
    de doutoramento de Cavaco Silva foi “ a Divida do Estado e
    o Desenvolvimento Económico ” . Vejam só !!!…
    E esta irracional democracia
    (Teorema de Arrow ? … ) apenas nos conduz a um irracional
    e crónico deficit publico , um crescendo na Divida do Estado
    e um doloroso aumento da inflação e um continuo e tragico
    subdesenvolvimento “lato sensu” …O que então era verdadeiro com Keynes não o é hoje com Hayek …
    Oculos habent et non videbunt
    (como não imitamos a galinha não temos ovos , e sem ovos não temos galinha … =popular)

  4. Pingback: Top posts da semana « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.