TGV: Socialistas ainda não perceberam a ideia

Vejamos as 2 opções:

– Voo de Low Cost por 14,99€ e passado 2h estou em Madrid

– Vou de comboio a grande velocidade por, digamos, 59,99€ e passado 4h estou em Madrid

 

Sabendo q o tráfego entre Lisboa e Madrid actualmente (pagando menos) é de metade do tráfego necessário para rentabilizar o tal comboio, seria de pensar que estava arrumado.

 

Eu sei, os políticos não querem saber se o projecto é viável ou não. Mas querem saber dos votos certo? Bem, Sócrates perdeu em parte por se agarrar a este projecto. E isso deveria fazer certas pessoas pensar, certo?

Errado.

6 pensamentos sobre “TGV: Socialistas ainda não perceberam a ideia

  1. Rafael Ortega

    Mais ridículo ainda é o que o autarca de Évora diz na notícia:

    «“Évora ficaria a 27 minutos de Lisboa, a 20 no futuro aeroporto e a duas horas de Madrid”, disse José Ernesto de Oliveira, adiantando que, caso não avance o projecto, muitos projectos turísticos vão ficar em causa.»

    Os socialistas serão todos idiotas?

    O Sócrates queria um TGV Lisboa-Porto com paragens em Rio Maior, Leiria, Coimbra e Aveiro. É perfeitamente ridículo. Este quer que o TGV pare em Évora.

    Ninguém explica a estas alminhas que o TGV demora a ganhar velocidade? Que demora a parar? Que não é um intercidades que pode parar de 20 em 20km?

  2. xico

    O concelho de Caldas da Rainha tem tanta população quanto o concelho de Évora e é muitíssimo mais pequeno que este (o que significa que muito mais gente vive perto da estação). Querem fechar a linha do Oeste porque deficitária. Évora quer o TGV. Évora tem o aeroporto de Beja que seria muitíssimo mais importante para o desenvolvimento turístico da região. É que um aeroporto liga-se a centenas de outros aeroportos. Anda tudo doido é o que é.

  3. @G_L

    A linha do Oeste é deficitária por incompetência. Usei recentemente e achei tudo óptimo. No fim de semana seguinte, greve. Acabou a greve: atraso. Falha nos horários. Resultado: comboios, nunca mais. Vou de autocarro. Falha: ia perdendo o autocarro das Caldas para Lisboa porque o autocarro de Peniche, onde eu estava, havia chegado na EStação mas o motorista não me abria a porta pq estava à espera de lugar vago para estacionar. O que ocupava o lugar? O autocarro para Lisboa!! Fiz um escândalo e abriram a porta. Consegui com correria e discussão embarcar para Lisboa.

    Resultado: voltei a ir de carro. É melhor pagar as portagens, o combustível e fechar-me numa redoma do que ter contacto com incompetentes.

  4. xico

    Então acabe-se com a incompetência e depois pense-se no TGV. E quanto à competência veja-se a que é (não) usada nos estudos para esse meio.

  5. Euro2cent

    > acabe-se com a incompetência e depois pense-se no TGV.

    TGV planeado para século XXVII …

  6. Portugueses:Precisamos do TGV como de pão para a boca!Não se pode fazer em via dupla ,aproveitamos o que está feito,e de Estrenoz ou ARCOS,é feita uma ligação ao CAIA.São talvez uns 40km,eu não conheço a zona.Assim os combóios já podiam circular em dupla tração,a 200km/h o que já é muito bom,de Sines para a Europa.È a minha sugestão,como antigo chefe de estação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.