prémios de risco

O processo de aversão ao risco que Grécia, Irlanda e Portugal viveram nos últimos meses começa a alastrar-se à Espanha e à Itália. Assim, importa analisar os três períodos que habitualmente são tidos como períodos de referência (2, 5 e 10 anos), a fim de detectar sinais amarelos (ou vermelhos). Há essencialmente duas formas de o fazer: a) através da curva de rendimentos associada a cada um dos países ou b) através dos prémios de risco, isto é, dos juros adicionalmente exigidos à Espanha e à Itália, em cada prazo, face aos juros cobrados à Alemanha (o soberano que na zona euro paga juros mais baixos).

Ora, dado que a teoria financeira assume que quanto maior for o prazo, maior será a remuneração exigida – relação que corresponde à chamada curva normal de rendimentos – será preocupante se encontrarmos algum sinal de uma inversão daquela curva, seja no seu formato tradicional ou no seu formato derivado que em cima também descrevi. Assim, após esta introdução, aqui vão os números (ao fecho de ontem):

Alemanha:

  • 2 anos: 1,229%
  • 5 anos: 1,837%
  • 10 anos: 2,676%

Espanha:

  • 2 anos: 4,225% (prémio de risco: 2,996 pontos percentuais)
  • 5 anos: 5,389% (3,552 pts pcts)
  • 10 anos: 6,080% (3,404 pts pcts)

Itália:

  • 2 anos: 4,223% (2,994 pts pcts)
  • 5 anos: 5,000% (3,163 pts pcts)
  • 10 anos: 5,600% (2,924 pts pcts)

Fonte: WSJ online.

5 pensamentos sobre “prémios de risco

  1. Daniel Rodrigues

    Depende da teoria financeira. Se considerarmos a de expectativas puras, então, pelo menos, a inversão da curva aponta para uma diminuição da diferença entre a Alemanha e os restantes países no longo prazo. Falta saber é se será conseguido por uma união financeira da Europa, ou se apenas está no horizonte uma decadência do desempenho alemão.

  2. so falta 1% para a Espanha chegar à red line…ta quase, ultrapassada a barreira dos 6% agora é sempre a dar… e depois a judearia que é contra a moeda nacional, vai começar a defender a implementação de uma moeda iberica

  3. Joaquim

    Alguma razão para não ter sido incluído Portugal?

    2 anos: 18,714 0%
    5 anos: 16,636 0%
    10 anos: 13,709%

  4. Joaquim

    Já agora, para quem quer comparar os EUA com Portugal e a Grécia:

    Grécia
    2 anos: 37,182 0%
    5 anos: 27,158 0%
    10 anos: 17,510%

    EUA
    2 anos: 0,376%
    5 anos: 1,446%
    10 anos: 2,893%

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.