O novo ministro da educação

Um video revelador do pensamento de Nuno Crato. Para quem não conhece a linha vale a pena ver do princípio ao fim.

Se conseguir fazer metade do que defendia que deveria ser feito por um ministério da educação fará um grande trabalho. É de entender porque é que dirigentes socialistas dirigistas no limiar do fascismo lhe têm tanto asco.

13 pensamentos sobre “O novo ministro da educação

  1. tric

    ao Nuno Crato, a unica coisa que deve fazer é dotar a escola de ferramentas para os tempos conturbados que aí vem, uma politica do manual condizente com os grandes dificuldades economicas que o portugueses estão e vão continuar a atravessar, reforçar a autoridade dos professores e a exigência! espero que não se meta por grandes invenções, pois o tempo não esta para isso…

  2. Joaquim Amado Lopes

    O problema de se dizer que se deviam fazer “coisas simples” é pormo-nos a jeito para alguém nos desafiar a fazê-las. Quando o Ministro Nuno Crato se tiver que confrontar com os sindicatos e com os pais (passar do facilitismo para a exigência tem resultados imediatos nas notas) vai ver que não é assim tão simples.

    Pelo menos pelo pensamento que revela, parece-me uma excelente escolha para Ministro da Educação. Só espero que o grau de liberdade que venha a ser dado às escolas não acabe com estas a decidirem que livros podem ou não ser lidos.

  3. Jose Antonio Salcedo

    Possivelmente a melhor escolha para Ministro da Educação. Fiquei muito satisfeito.

  4. tiago

    Afirmar que os alunos devem saber “isto” ou devem aprender “assim”, é uma forma de planeamento centralizado. O estado está tão entranhado na educação que até “liberais” ficam contentes quando alguém afirma o que os alunos do 9ºano TÊM que saber? O Nuno Crato está sujeito ao fracasso, mais cedo ou mais tarde, quer as suas ideias vão para a frente ou não. o rumo da educação tem que passar inevitavelmente pela sua descentralização e pela sua diversidade… só quando alguém afirmar REALMENTE isto, é que um liberal pode ficar contente. Até lá é só mais uma pessoa a dizer como os filhos das outras pessoas devem ser educadas e quais os melhores regulamentos. discutir qual a melhor forma de uniformização do ensino é ridículo. mais ridículo é quando um “liberal” fica contente com isso.

  5. lucklucky

    Mr. and Mrs.Humphrey do Ministério encarregar-se-ão de destruir quaisquer veleidades.
    Tiago disse o que há a dizer sobre o assunto.

  6. Pingback: O novo ministro da educação (2) « O Insurgente

  7. Ricardo G. Francisco

    Há não pouco tempo escrevia que há muito tempo que não havia a discussão do “eu sou mais liberal do que tu”.

    Independentemente do que eu acho que deveria ser a Educação no que toca ao Estado, a visão de Nuno Crato do que devem ser as prioridades são no bom sentido. No muito bom sentido. Acredito na evolução, não na revolução.

  8. Pingback: Educação « O Insurgente

  9. Pingback: O novo ministro da educação e o combate ao facilitismo « O Insurgente

  10. MTG

    FORÇA NUNO CRATO…!!!
    Seriedade é o que é preciso…os obstáculos vão ser muitos.
    Privada, Pública ou Cooperativa…o que interessa é Ensino de qualidade.
    Se calhar mudava o nome do Ministério para Ministério do Ensino… : ))

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.