A semântica da oposição

Aposto que nos próximos tempos a palavra “economicista” vai estar constantemente na boca de socialistas e comunistas, pronunciada sempre com um esgar e em tom de desprezo.

2 pensamentos sobre “A semântica da oposição

  1. Ze

    Para já o tema predominante é a preocupação do social. E este parece ser o tema preferido do Chico Assis.
    O estado vai ser o mauzão e que portanto vai abandonar os mais desfavorecidos. Este é o discurso comum ao PS, PC e BE.
    A oposição de esquerda e esquerda radical procura criar um misto de revolta e injustiça que facilite a mobilização para a revolta contra o estado.

  2. ricardo saramago

    Não é revolta contra o Estado, que até seria saudável, vai ser revolta contra os que não vão poder continuar a desbaratar o dinheiro dos outros em benefício de alguns.
    Como disse M.Thatcher: “Não existe dinheiro do governo”.
    O dinheiro que o governo gasta, foi tirado à força às famílias e às empresas que o ganharam, e como tal, devia ser respeitado e gasto como coisa sagrada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.