O que nos diferencia da Grécia

Socrates (Σωκράτης), c. 469 aC–399 aC

Sócrates (Pinto de Sousa)

Sobre o Conhecimento

Buscava o Conhecimento.

O seu método para alcançá-lo era  o diálogo e a humildade em formular todas as perguntas.

Cultiva e promove o Desconhecimento.

O seu método para alcançá-lo é o monólogo e a arrogância de calar  todas as perguntas.

Lema

Só sei que nada sei.

Eu é que sei.

Rupturas

Provocou uma ruptura sem precedentes na Filosofia grega.

Provocou uma ruptura sem precedentes na auto-estima dos portugueses.

Sobre si próprio

Intitulava-se “um homem pacífico”

Intitula-se “um animal feroz”.

Pensamento sobre Juízes e Justiça

Quatro características deve ter um juiz: ouvir cortesmente, responder sabiamente, ponderar prudentemente e decidir imparcialmente.

Quatro características deve ter um juiz: não ouvir escutas, responder obedientemente, ponderar nos riscos que corre e decidir se quer continuar a ter emprego.

Condenações

Podia ter evitado sua condenação se tivesse desistido da procura da vida justa. Mesmo depois de sua condenação, podia ter evitado a morte se aproveitasse a ajuda de amigos para fugir.

Acreditava que o melhor modo para as pessoas viverem era através do próprio desenvolvimento, ao invés de buscar a riqueza material; e que ao relacionar-se com os membros de um parlamento (nunca aderiu à democracia Aristotélica) a própria pessoa estaria sendo hipócrita.

Foi condenado à morte por cicuta.

Usa os amigos a seu bel-prazer e proveito, atribuindo-lhes cargos e (i)responsabilidades com ordenados milionários.

A sua única fidelização reconhecida é a da procura da riqueza material, o que faz sem olhar a meios.

Está envolvido em escutas, Freeport, Licenciatura fraudulenta, negócios obscuros, tráfico de influências.

Nunca foi condenado…

Legado

Deixou-nos incontáveis dádivas.

Deixa-nos incontáveis dívidas.

Anúncios

5 pensamentos sobre “O que nos diferencia da Grécia

  1. elisabetejoaquim

    Sócrates o filósofo foi morto pela Democracia; Sócrates o político teria sido um mero vendedor de autmóveis sem ela.

    ps: “(nunca aderiu à democracia Aristotélica)”: Aristóteles é posterior a Sócrates, nem tão pouco defendia a Democracia.

  2. ricardo saramago

    O homem já percebeu que o regime está no fim, que os próximos anos vão ser de caos e miséria e que estamos a entrar no tempo dos demagogos à sul-americana.
    Falhada a tentativa de se fazer passar por político sério e governante competente, já mudou de estratégia.
    Doravante teremos um novo Perón, um Hugo Chavez, um sucedâneo ridículo, mas não menos eficaz.
    Do país não vai ficar pedra sobre pedra.
    Aqueles que ainda usam a cabeça para pensar, preparem-se para o pior.

  3. ruicarmo

    Elisabete,
    isto é algo sem pretensões que não sejam as de caricaturar. Como disse, foi algo que recebi e decidi publicar. 🙂

  4. Pingback: Top posts da semana « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.