O essencial

Sempre que abre a boca, o menino de ouro do PS não acerta na verdade. Agora volta à carga com a agenda secreta do PSD para acabar com o Estado social, no que só pode ser uma brincadeira do primeiro-ministro.

Foi Sócrates quem, para vencer as eleições em 2009, gastou e torrou o que o Estado foi recebendo através de impostos e empréstimos, para, dizia e ainda mantém, incentivar a economia. Como muitos o avisaram, o dinheiro que, em 2009, não chegava para essas loucuras, não chega hoje para pagar pensões. Todo este descalabro caiu-nos em cima antes mesmo de o FMI intervir. Quem é que está a destruir o Estado social? Também me parece não ser a agenda secreta de Passos Coelho.

É por estas e por outras que o PSD não se deve perder com as afirmações de Sócrates, mas explicar o que pretende fazer. Explicar, por exemplo, que a sua via é a única que permite salvar o pouco que resta do Estado social que o PS destruiu. Para isso será preciso poupar no supérfluo para que chegue para o essencial. É preciso levar a cabo reformas económicas, de flexibilização das leis laborais e de arrendamento, cortar na despesa pública, com redução de institutos e de funcionários públicos (a recessão não pode ser só para alguns) para que seja possível proteger quem efectivamente precisa. O contrato social que originou o Estado social, não visava dar emprego a quem quer que seja, criar e gerir empresas monopolistas, fazer negócios milionários e formatar gente para acreditar nisto. A essência do Estado social não é essa. É, acima de tudo o mais, ajudar os mais pobres, se possível e de preferência com a ajuda de instituições privadas. O que vamos ter de fazer nos próximos anos é precisamente isso: centrar-nos no essencial.

Anúncios

4 thoughts on “O essencial

  1. Luís Lavoura

    “flexibilização das leis de arrendamento”

    Eu compreendo que este seja um tema querido à direita, mas dificilmente enxergo que as atuais leis do arrendamento possam ser um grande entrave ao progresso económico em Portugal.

  2. GriP

    Estado social é aquele sistema que rouba a uns para dar a outros e ainda tem a lata de lhe chamar justo…

    O que mais impressiona neste post é a confiança depositada num partido que ainda antes de ganhar eleições promete aplicar a mesma receita que Sócrates, o apelo laranja neste blog torna-se tão cego e descabido que torna-se ridículo.

    Afinal e como se demonstra a única coisa que o PSD tinha contra o governo era a sua personificação.

    Não basta mudar moscas e deixar a trampa, para isto que fique como esta.

    O fim não vai ser bonito…

    Brother’s, you asked for it!

  3. lucklucky

    O PSD já partiu derrotado. Aliás o medo que revelam sempre que se fala do social é sinal bastante para ver que não tocarão em nada a não ser se a Europa estiver por detrás.

  4. João

    E mesmo assim estão a assumir que mesmo com a Europa por detrás o povo português vai aceitar bovinamente a penúria enquanto outros continuam o banquete… É que há menos policias per capita aqui do que na Grécia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.