Até quando vamos financiar este homem?

Sócrates governou o país, gastando o que havia para gastar, beneficiando sectores da sociedade que precisava garantir a seu lado. Foi conseguindo até que o dinheiro acabou. Para se manter no poder, subiu os impostos, negando sempre que o estava a fazer. Já este ano anunciou uma forte redução do défice, esquecendo que esse feito se deveu unicamente ao aumento da receita (ao nosso esforço) e apesar de, mesmo com a forte redução salarial, a despesa do Estado ter continuado a subir.

Hoje Sócrates encontra-se com Angela Merkel, prometendo mais austeridade (mais impostos) com vista ao cumprimento das metas de consolidação orçamental. O objectivo é conseguir acesso às linhas de crédito europeias, afastar o FMI e manter-se no poder.

Este primeiro-ministro não consegue domar o monstro que é hoje o Estado e que consume os nossos rendimentos. Limita-se a tentar, ficando no governo, sair da fotografia sem mácula. É para isso que vivemos hoje?

Anúncios

One thought on “Até quando vamos financiar este homem?

  1. ricardo saramago

    O homem comporta-se como dono dos portugueses, dono do dinheiro e dono do país.
    Tem razão, porque os portugueses, como todo o animal doméstico, deixam-se abusar até ao fim.
    O povo tratado como gado manso, resmunga e prepara-se para mais uma sangria.
    Força engº! a malta não merece outra coisa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.