Energia eólica prejudica candidato progressista

Após, nos anos 60, um amargurado Manuel Alegre perguntar insistentemente novas do seu País ao vento, que olimpicamente o desprezava e nada lhe dizia, a ventania ciclónica que se fez sentir ontem em todo o território continental veio enfim condescender em dizer algo ao velho combatente de mil lutas, apenas para lhe dizer que não vale meio Cavaco e, pior, que vale apenas quatro palhaços madeirenses. Manuel Alegre reagiu de imediato, ainda que continuasse manifestamente agrilhoado ao seu confrangedor papel de apoiado pelo BE e pelo PS. “Este vento maldito resulta da alterações climáticas provocadas pelo imperialismo desenfreado dos ianques e pelo neo-liberalismo da banca que financia as petrolíferas”, explicou, antes de acrescentar que, “porém, a ventania prova o acerto na aposta do engenheiro Sócrates em energias renováveis, nomeadamente na energia eólica”.

In Inimigo Público.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.