Outras operações de sucesso

O senhor X comprou um apartamento no Algarve por 300 mil euros. Passado alguns anos deixou de poder pagar as suas dívidas, e por isso teve que o colocar à venda. Recebeu três propostas: 50, 75 e 100 mil euros. Vendeu o apartamento com uma perda de 200 mil euros, mas ficou satisfeito porque a procura foi três vezes superior à oferta.

8 pensamentos sobre “Outras operações de sucesso

  1. A história contada por Carlos Guimarães Pinto está incompleta, o que aconteceu foi:

    “O senhor X comprou um apartamento no Algarve por 300 mil euros. Passado alguns anos deixou de poder pagar as suas dívidas, e por isso teve que o colocar à venda. Recebeu três propostas: 50, 75 e 100 mil euros. Recusou todas.
    Mas, deixou passar mais uns meses e voltou a por o apartamento à venda e então recebeu seis propostas, 100, 150, 175, 200 210 e 250. Vendeu-o por 250 mil Euros e embora perdendo 50 mil Euros ficou satisfeito por a procura e o preço terem sido muito superiores à tentativa anterior”.

  2. Rui Rodrigues

    Quando meio mundo anda a dizer que o apartamento está moribundo, e vai ruir a qualquer momento, o facto de haver 3 ofertas seria, de facto, um enorme sucesso.

    =)

  3. JS

    Diría mais. O Sr. X recebeu a incunbência de administrar um apartamento no Algarve no valor de 300.000 €uros.
    Em seu proveito usou, em benefício próprio, e deteriorou o apartamento sem melhorar o rendimento do proprietário. Aflito ?! foi pedir dinheiro emprestado -apresentando como colateral o apartamento que não era seu- para, diz ele, arranjar o apartamento e entregá-lo ao dono -quicá em bom estado- mesmo sem lucro de exploração.
    Claro que o dinheiro que alegremente recebeu corresponde à hipotéca do apartamento que não é seu. A amortização e a dívida, esses acrescidos valores, o verdadeiro dono -sem ser consultado- terá que pagar se quizer rehaver o !seu! apartamento. Que Constituição, perdão, Procuração!
    Pps- E o ex-proprietário alguma vez vai ver, e já em perda, os tais 200.000? € da hipotéca. Cheira a ainda mais, do mesmo. Boa sorte netinhos/herdeiros.

  4. Brutus

    “Vendeu-o por 250 mil Euros e embora perdendo 50 mil Euros ficou satisfeito por a procura e o preço terem sido muito superiores à tentativa anterior”. Genial como um raio. Pena que há um ano estivessemos a pagar menos de 4% nas OTs a 10 anos enquanto agora pagamos o dobro. Já agora o gigantesco sucesso de hoje, no seguimento de compras massivas no mercado secundário do BCE (de longe o nosso maior e cada vez mais solitário credor), saldou-se ainda assim na yield mais alta de sempre nas OTs a 5 anos e na segunda mais alta yield de sempre nas OTs a dez anos, muito ligeiramente abaixo do record estabelecido em 6.8%. Vai ser curioso ver como o Raio e outros iluminados vão comentar o grande sucesso de uma próxima emissão com uma yield tangencialmente abaixo dos 8%. Can’t wai for the fun

  5. “o Raio e outros iluminados”
    Suponho que é um elogio… merci…
    ” o grande sucesso de uma próxima emissão com uma yield tangencialmente abaixo dos 8%”
    Bom, wait and see…
    “há um ano estivessemos a pagar menos de 4% nas OTs a 10 anos enquanto agora pagamos o dobro”
    Nas últimas eleições presidenciais Mário Soares disse que se não fosse o Euro já cá tínhamos a especulação contra o Escudo. Correcto, o problema é que agora temos a especulação contra o Euro e, pior, estamos a aguentar a especulação contra uma moeda cujo volume ultrapassa de longe as capacidades de Portugal. Por outras palavras, estamos a sacrificarmo-nos pelos outros…

  6. Brutus

    “Por outras palavras, estamos a sacrificarmo-nos pelos outros…”
    Esta então não é de génio é de antologia. Toda a gente sabe que Portugal é a locomotiva da Europa, que sem o nosso engenho, produtividade e solidez económica, a Alemanha e o resto da Europa do Norte estavam condenados a á misério. Obrigado Raios e corriscos, e outro orgulhosos lusitanos, que todos os dias nos dão a conhecer um novo mundo ao mundo. E, já agora, continua a deixar de lado os teus comprimidos porque se não iamos perder estes momentos de gargalhada…

  7. ” Toda a gente sabe que Portugal é a locomotiva da Europa”

    Eu disse exactamente o oposto!
    O problema é sermos um dos elos mais fracos do Euro o que permite que atacando Portugal se especule contra a Alemanha pelo preço de uma especulação contra Portugal.
    É fácil, barato e dá milhões.
    Os cretinos que meteram a Europa nesta alhada bem podem limpar as mãos à parede…

    “continua a deixar de lado os teus comprimidos”

    ??? Eu nunca tomo comprimidos!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.