O facebook visto pela propaganda iraniana

Aviso prévio: não vale rir que o assunto é sério.

O facebook é perigoso porque o seu fundador tem a correr nas veias sangue judeu e é um perigoso ateísta. Mas há mais: a organização está ao serviço dos serviços de informação – presumo que os portugueses estejam excluídos, dados os apertos orçamentais; só uma conta no twitter custa ao estado 20 mil euros. Para desanuviar dos efeitos da força da verdade provada no vídeo, destaco a presença de trigémeos, mesmo no final da revolucionária peça.

Um pensamento sobre “O facebook visto pela propaganda iraniana

  1. Há quem duvide, mas são já milhares os iranianos presos através de meios policiais destacados para controlar, e depois prender, quem navega na net. De acordo com a revista The Economist, salvo o erro, o número ascende a mais de 3000. Aliás, foi recentemente condenado a 20 anos de prisão um dos mais famosos bloggers do Irão.

    Que o Irão compre dívida portuguesa, que tudo se esquece…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.