O eco-terrorismo (também) em defesa da paz

Gualter Baptista, o camaleão ecoterrorista está de regresso.

“Sejamos, então, satyagrahis sem medo dos ecos deturpados pela comunicação social corporativa e declaremos:

Satyagraha contra a NATO e as suas guerras!

Satyagraha contra a destruição e apropriação do nosso sistema alimentar por meia dúzia de multinacionais!

Satyagraha contra os poderes capitalistas e a sua imprensa, que tentam fazer-nos aceitar que a crise afecta a todos, quando afinal só afecta a alguns!

Saiamos às ruas em desobediência contra a cimeira da violência e da guerra! Façamos uma greve geral perturbadora no dia 24!”

Vá saiam da frente do menino.

 

8 pensamentos sobre “O eco-terrorismo (também) em defesa da paz

  1. fms

    Há qualquer coisa neste pessoal com pouco cabelo, sorriso pepsodent e chinelos no pé ao longo de todo o ano que me soa a invasão organizada, tipo “body snatchers”. Os neo-urbanos são uma espécie spooky.

  2. ruicarmo

    “Estamos lá”
    Onde? E o plural significa que o trauliteiro é mais do que um?

    “Façam”?
    O trauliteiro não faz?

    “uma só não chega”
    Talvez aí umas 300, não?

  3. Pingback: Mais vale o cão raivoso do Gaulter Baptista do que um carneiro como o Diogo Belford Henriques , um caranguejo como o Rui Carmo ou a sardinha da Helena Matos. Um grande Satyagraha camarada! | cinco dias

  4. Pingback: inGENEa » Blog Archive » A extrema-direita chic e a desobediência civil

  5. Euro2cent

    > se se atiram como raposas aos meus apelos de Satyagraha e à desobediência civil

    Como dizia o sádico ao masoquista: “não bato, não …”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.