A dura realidade das ‘expulsões’ de ciganos

Obrigados a saírem do país, muitos ciganos de facto saem para voltarem – literalmente – no minuto seguinte. Podem então ficar provisoriamente (até 3 meses, segundo as normas europeias) em França até novo mandado de expulsão. Seguido da respectiva viagem turística à fronteira.

É esta a situação que faz alguns tontinhos compararem o presidente francês a um nazi. Não há paciência.

6 pensamentos sobre “A dura realidade das ‘expulsões’ de ciganos

  1. Há uma base para a comparação a um nazi: é que o procedimento é tomado em função da raça das pessoas.

    Deve haver montes de europeus a viver em França por mais de três meses e que não são recambiados para os seus países de origem. A França só o está a fazer a estrangeiros de uma certa raça.

  2. Nuno

    Tomar procedimentos em função da raça é o que define o racismo.

    Os nazis tomavam procedimentos em função da raça.

    Logo, todos os racistas são nazis!

    De facto, haja paciência! O governo françês pode ser estúpido e até racista, mas a esquerda quer apelar ao horror e chamar-lhes nazis.

    Enfim…

  3. ricardo saramago

    Tão racista é o que atribui um determinado comportamento a uma raça como o que desculpa comportamentos anti-sociais quando cometidos por pessoas de determinadas raças.
    Um ladrão, terrorista, vigarista, traficante ou torcionário, não deixa de o ser quando é cigano, preto, judeu, árabe, europeu ou qualquer outra coisa.
    Qualquer tipo de critério não uniforme é racista.

  4. MarcelinoCarvalho Silva

    eu queria deixar aos senhores comissários uma opinião sobre os ciganos romenos. já viram o que é os arredores das grandes cidades cheio de barracos e carabanas, não trabalham andam a roubar, isto passa em França em Itália em Espanha e muitos outros paises. devem ser enviados para o seu pais de origem e o governo romeno devem melhorar a vida destes seus cidadãos e a U.E. deve ajudar, mas nunca deixar que esta etnia vá estragar a vida dos cidadãos destes paises onde eles se instalem. A U.E. deve deixar esta guerra com a França e ajudar a França a sair deste problema, e ajudar a Roménia a melhorar a vida dos seus cidadãos ciganos, e não impingir a outros paises esses problemas,

  5. Rezor

    @Luis Lavoura:

    Os ciganos não são uma raça. Assim como os portugueses não são uma raça. Assim como não existe tal coisa como raça judaica ou islâmica. Identificar estes grupos culturais como raças, assim como confundir cultura com raça, é, de facto, racista. É o que muito pessoal desta espécie de esquerda multiculti faz. O governo francês não identificou os ciganos como uma “raça” e está a agir em concordância com as directivas de Livre Circulação, penso eu. Não me parece que estejam a repatriar ciganos indiscriminadamente. Só os ilegais são repatriados. Assim como muitos outros não-ciganos.
    Além disso, vá ler as directivas sobre a Livre Circulação e verá que não poderá armar a tenda em qualquer lado assim à vontade do freguês. Você ainda pode ser considerado imigrante ilegal dentro da UE.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.