E agora fomos aos excendentes da Alemanha nazi

Com o devido beneplácito de conhecidos inimigos da liberdade, o Irão fez mais um dos seus extraordinários anúncios de terríveis castigos para os infiéis: agora eles têm um avião não tripulado.

É claro que o facto do referido drone parecer uma V1 de pacotilha não tem importância nenhuma. E de aquilo não ser avião não tripulado coisíssima nenhuma. O Irão, com estes seus anúncios grandiloquentes sobre armamento e de terríveis ameaças sobre os seus supostos inimigos, deveria ter mais em atenção os conselhos de Boileau:

N’allez pas dès l’abord, sur Pégase monté,
crier à vos lecteurs, d’une voix de tonerre:
«Je chante le vainqueur des vainqueurs de la terre.»
Que produira l’auteur après tous ces grands cris?
La montagne en travail enfante un souris”.

Apesar de não se poder menosprezar a ameaça que o Irão representa para a paz na região, também não há qualquer motivo para entrar em pânico, pois o Irão continua a ser, por enquanto, um tigre de papel.

De qualquer modo não deixa de ser irónico e divertido ver muitos esquerdistas comunistas aparar o jogo do Irão teocrático e defender o Irão contra o grande Satã americano.

4 pensamentos sobre “E agora fomos aos excendentes da Alemanha nazi

  1. Pingback: cinco dias » A ressurgência de um insurgente

  2. Rxc

    Há pouco vi uma reportagem na RTP1 (com o sempre “yes-we-can” esperançoso jornalista Vítor Gonçalves), onde se mostravam umas bandeiras multicolores dos “progressistas” que apoiam a construção da mesquita no Ground Zero. Eu pergunto-me, muito a sério, como é que essas almas conseguem conciliar o irreconciliável? Será que a sua opinião mudaria se estivessem uns 15 dias numa qualquer teocracia muçulmana a “implementar” a sua “diferença” e lhes fosse aplicada a Sharia? E será que os veríamos tão activos se fosse um templo cristão a sofrer a mesma controvérsia?

  3. CARLOS

    A propósito de um templo cristão, então não é que havia um mesmo junto a uma das torres que foi destruido e a imprensa olimpicamente ignora a resposta negativa das autoridades à reconstrução do mesmo ? “Before the Ground Zero Mega Mosque is ramrodded through to construction — and boy, Muslim leaders and liberal NY leaders have been trying to rush this mosque through — it bears asking: why has an existing Greek Orthodox church, one that was damaged beyond repair by a falling WTC tower on 9/11, NOT been granted permission in NINE YEARS since the September 11 terrorist attack to be rebuilt, or even be relocated?”

  4. ricardo saramago

    Os cristãos gregos não podem reconstruir a igreja porque não ameaçam a vida de ninguém nem matam infiéis.
    Desconfio que umas bombas no Metro fariam acelerar o processo e até o Obama viria dizer que era ortodoxo grego desde que nasceu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.