Leo Frank

O que era “o País”?, cismava Frank. Não havia país. Havia uma vaga identificação de interesses comuns coberta com o manto da religião civil.

David Mamet, A Religião Antiga

Foi há 95 anos. Leo Frank foi sequestrado e enforcado por cerca de trinta homens no dia 17 de Agosto de 1915, na Georgia, EUA. O móbil, o verdadeiro móbil, foi o fertilizante do anti-semitismo moderno: a inveja. Em Old Religion, de 1997 (com tradução portuguesa), David Mamet recupera o episódio, enquadra-o na história dos judeus na América e veste a pele de Frank para reflectir sobre condição judaica (e humana). A ler com atenção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.