Barbárie

Acabo de ler isto que aqui linko, quase compulsivamente: 

O adepto do Benfica que foi espancado em Braga no domingo da final da Liga acabou por morrer ontem no hospital, anunciou a Benfica TV.

O homem, que festejava a vitória benfiquista estava internado desde domingo à noite.

Na sequência do título conquistado pelo Benfica, cerca de 2.000 adeptos do Sp. Braga envolveram-se em graves confrontos com pessoas afectas aos encarnados na praça central da cidade minhota.

Cadeiras, mesas e até mesmo tochas voaram na praça central de Braga, num incidente que apenas foi travado pela intervenção da polícia de choque.

O dia já não corria lá muito bem. A notícia da morte de Saldanha Sanches (aqui assinalada) também não ajudava. Mas, aquela que acima refiro, relata-nos mais que a morte de uma pessoa. Ela é um espelho preocupante do estado a que este país parece ter chegado.

O mesmo país que é capaz de manifestações tão bonitas como aquelas com que temos acompanhado a peregrinação do Papa, também é capaz de manifestações tão inqualificavelmente bárbaras como as que ocorreram em Braga — conhecida entre nós como a terra dos Arcebispos e do Bom Jesus.

O que é que pode justificar uma coisa destas? Será este um caso isolado ou um prenúncio do desvario a que este país tem sido entregue nos últimos tempos? Ou, como sempre, vamos todos fazer de conta que nada se passou?

Anúncios

21 pensamentos sobre “Barbárie

  1. bla bla bla

    O apoio tácito que na semana anterior o FCP deu à violência (e continua a dar) e ao ódio (tentando criar uma espécie de xenofobia regional) está a dar frutos.

    Os seus discípulos de Braga só fizeram aquilo que se tinha feito na semana anterior no Porto (perante a passividade da polícia).

    As declarações do sub-comissário da PSP Porto são a imagem do Porto, o Mesquita Machado mais as investigações sobre a sua fortuna são a imagem do País.

    Juntando o caciquismo com a xenofobia dá o que dá.

  2. “A Benfica TV agora é uma fonte credível de notícias?”

    Não sei. Não vejo. Mas não me parece que seja uma notícia que se dê de ânimo leve.
    Li-a no Diário Económico (que linkei, incluindo a remissão para a fonte).
    Entretanto, pelo que pude apurar, também já saíu na Rádio Renascença e no Record.
    Parto do princípio que não se brinca com coisas destas.

  3. José Barros

    Estes episódios só acabam quando foram tomadas medidas duras como em Inglaterra: a) aplicação de penas de prisão efectiva de curta duração para quem provoque desacatos, mesmo que sem consequências graves (o nome desta medida existente nos países anglo-saxónicos diz tudo: penas short-sharp shock) e proibição por vários anos da frequência de qualquer estádio de futebol no país; b) interdição imediata e por vários jogos de recintos em que ocorram agressões ou desacatos; c) perda de pontos para os clubes que incitem à violência ou que a tolerem por parte das suas claques (o que levaria à proibição destas, mais tarde ou mais cedo). Nada disto acontece em Portugal e o resultado disso está à vista.

  4. MCB

    A Policia e o Hospital ainda não confirmaram. Esperemos que as fontes da comunicação social estejam erradas.
    O que não invalida que as agressões sejam uma selvajaria própria de 3.º mundo.

  5. JoaoMiranda

    Hospitais de Braga e São João no Porto desmentem notícia da Benfica TV

    http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1437281

    Contactados pelo PÚBLICO, responsáveis dos dois hospitais referem que, de facto, entrou um jovem de 21 anos no domingo à noite no hospital de Braga, que foi posteriormente transferido para o Hospital de São João, no Porto, por ter um traumatismo oftalmológico. Uma transferência que se deveu ao facto de, em Braga, não existir urgência hospitalar oftalmológica. Mas, segundo o informação prestada pelo Hospital São João, esse jovem acabou por ter alta no passado dia 11.

  6. Eurico Ricardo

    Enquanto *alguns* meninos das claques continuarem a ser protegidos pelos presidentes dos seus clubes, sendo o FCP e o Sport Lisboa e Benfica os casos mais evidentes, este tipo de coisas vão continuar a acontecer. Não deixa de ser triste que um acontecimento que deveria ser um motivo de festa acabe desta forma. Os responsáveis tem que ser apurados e categoricamente castigados. Contudo a partir do momento em que alguém, que está sentado numa bancada perto do campo de jogo, aparece – focado – na televisão a arremessar um objecto contra alguém que lá está dentro, sem que nada lhe aconteça, está a abrir-se de imediato um precedente. O futebol é cada vez mais um divertimento para broncos.

  7. Luís Caldas

    Barbarie é a benfica tv não ter sido mais rapidamente desmentida pelas próprias autoridades. Espero é que a bem da verdade se reponha a correcta informação.

    Sou contra qualquer tipo de violência.

  8. LG

    Olha, acho bom os patrícios portugueses se acautelarem e tratarem de cortar pela raiz essas barbaridades entre torcedores de times de futebol, antes que acabe por acontecer aí o total descontrole e as cenas de insana selvageria, que lamentavelmente já se tornaram comuns no entorno dos estádios brasileiros.

    E cuidem também de impedir o crescimento dessa praga chamada “torcida organizada”, antes que seja tarde demais…

  9. bandiduh

    É o mito dos 14 Milhões, dos 6 Milhões em Portugal, dos 2500 no Vietname, das grandes noites europeias, do maior clube do mundo, das derrotas por causa dos árbitros…e agora o mito do adepto que morreu…lamentável

  10. Gabriel Silva

    a notícia da morte do adepto é completamente falsa, já foi desmentida pelo hospital e pela polícia.
    Não percebo como se dá credito a BenficaTv

  11. José Barros

    Pois, parece que é falsa. E agora a ERC passa uma multa (ou nem isso) e tudo se esquece rapidamente.

    Mas é preciso fazer alguma coisa para acabar com este crescendo de violência entre os clubes. A esse nível, este ano foi péssimo. Continue tudo assim e a próxima notícia não será falsa e não será a Benfica TV a noticiá-la.

  12. Helder

    😀

    José Barros, estava a estranhar que ninguém dissesse: não aconteceu mas podia ter acontecido

    E por acaso já aconteceu: no Jamor numa final da Taça de Portugal

  13. Pingback: Uma notícia falsa da Benfica TV « O Insurgente

  14. OLP

    Como são a única claque com um assassinato em Portugal, são capazes de dar esta noticia ainda que mentira, para que mais alguém morra.

  15. Artur

    Interessante verificar que quem (jtcb) tão rapidamente QUIS dar crédito a uma falsidade de todo o tamanho não venha agora criticar a postura vergonhosa de supostos orgaos de informação. Este silêncio (de jtcb) é revelador de má consciência e põe a nú que a barbárie, essa, está antes na cabeça deste senhor e doutros doentes incapazes de ver o futebol pelo que é.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.