O nosso futuro grego

Pedro Bráz Teixeira

[A] Grécia deve ser encarada como um indicador avançado para Portugal. Tudo o que se está a passar na Grécia tem uma elevada probabilidade de se vir a passar em Portugal.

5 pensamentos sobre “O nosso futuro grego

  1. JP

    Portanto, a grande questão do curto prazo será verificar que medidas ou engodos tratará o Governo de usar para ver se lhe sai a sorte grande: ser demitido pelo PR e livrar-se da sua incompetência, de modo a permitir ao PS voltar ao poder daqui a dois ou três anos, de mãos “limpas”. Antes do orçamento e do PEC foi o casamento gay e as viagens aos países democráticos de África. Agora começará pelas praias para nudistas e acabará, talvez, numa viagem à Venezuela.

  2. Alexandre Carvalho da Silveira

    A Grecia para chegar onde está, passou por onde nós estamos agora, e não foi assim há tanto tempo.

    Para evitar chegarmos onde os gregos estão teriam que ser tomadas medidas eficazes para inverter a situação.

    O governo mais uma vez resolveu tapar o sol com uma peneira, e o PEC serviu para entreter a malta durante 2 semanas, e na pequena parte que for aplicado, vai exigir sacrificios às pessoas para nada.

    Hoje apareceram noticias de que a Grecia vai entrar em incumprimento; se isso acontecer, vai sobrar para nós e de que maneira.

    Quem nos acode?

  3. lucklucky

    O problema não é a Grécia ou Portugal. É o Reino Unido, Espanha, Italia, França, EUA.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.