Retrato de um ditador sexy

Ainda o mês passado, o jornal francês Libération fotografava um José Sócrates sorridente, seguro de ter descoberto a receita que salvará o mundo (e, en passant, Portugal).

Hoje a versão do jornal é diferente. Portugal é o país em que a democracia vai nua:

Líder intransigente, autoritário e irascível, que pratica o culto da permeabilidade entre a esfera política e negócios privados (Jorge Coelho é referido), a corrupção, o intervencionismo (caso TVI), a censura. José Sócrates é abertamente retratado como um ditador democrático, uma versão energética e sedutora de um tirano, algo na onda do Salazar meet Sarkozy. Portugal, o parque de atracções do sr. Eu e os meus boys, é caracterizado como um país pior que a Grécia no que toca ao mal estrutural de que padece. Fiasco económico, crise política e asfixia democrática. Bem-vindos à modernidade.

Leitura complementar: Um Líder Forte, Iluminado, e Sexy

3 pensamentos sobre “Retrato de um ditador sexy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.