À espera do PEC

Pelo pouco que se vai sabendo do PEC, consta que a redução do défice vai ser feita sobretudo através do aumento da carga fiscal e do recurso a receitas extraordinárias. Parece que, mais uma vez, não se pretende reduzir de forma consistente a despesa. Não há coragem para cortar os ruinosos e ineficientes sistemas públicos (nomeadamente a saúde e as segurança social) nem reduzir de forma substantiva a dimensão do estado. Como demonstrou a experiência recente, estaremos apenas camuflar o problema.

Sinceramente, espero os jornais pequem por defeito e que as medidas reais sejam bem mais ousadas. As consequência poderão ser muito graves.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.