Alheamento

José Sócrates utiliza aquela técnica argumentativa que irrita qualquer pessoa minimamente inteligente e sensata: “Qualquer economista concorda com o que estou a dizer”. Qualquer? Qual? Krugman? E os outros? À pergunta que visa saber porque não desce os impostos para que as empresas possam ser mais competitivas, Sócrates responde que o tecido empresarial do país está a responder bem à crise. Também acho que sim. Eu e os mais de 550 mil desempregados, a que se somam todos aqueles que, todos os dias, fazem contas para pagar as facturas, os IVA’s e demais obrigações fiscais. Sejam empresas; sejam empresários em nome individual; sejam todos os que querem trabalhar.

Bem sei que o Primeiro-Ministro não o acredita, ele que nos diz que temos muito que aprender com Keynes, mas há muito emprego perdido, negócios desperdiçados, iniciativas boicotadas, porque, sua exa., quer fazer obras. À força. À custa de tanto esfolar a esperança e o esforço alheio.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.