– Eh pá, boa e tal. – Exactamente…

Agora que vejo que nem o próprio visado com a boca do «Isso vale muitos votos… Isso em subsídios de desemprego…» compreendeu o seu sentido, fico mais descansada (cheguei a pensar que havia de facto algum sentido oculto difícil de compreender para os não iniciados em socialistês). Também não é certo que Paulo Penedos tenha compreendido aquilo que Marco Perestrello «cá sabe», mas respondeu com um reticente «exactamente…».  Assim falam os boys.

Regra número um: os boys nunca dão nomes aos bois. Claro que isto pode gerar confusões e, em rigor, ninguém tem a certeza do que o outro está a dizer, o que é impossível de verificar dado que as perguntas directas são expressamente proíbidas. Apesar de pouco eficaz na comunicação, o modus operandi é o mais eficaz no que toca à protecção. Não é de todo “inverdadeiro” que x possa dizer que não falou efectivamente com y sobre o assunto z, nem é de todo “inverdadeiro” que x não saiba de facto se/quando falou sobre o assunto z com y.

Do Jornal SOL:

PAULO PENEDOS – [Rui Pedro Soares] Vai para Milão, segunda-feira. Vai-se lá encontrar com o Figo, para com ele celebrar uma coisa um bocado pornográfica, mas pronto.
MARCOS PERESTRELLO – Que é o quê?
P.P. – Eh pá … só te posso dizer se tu não disseres a ninguém. Se disseres, não te posso dizer.
M.P. – Se quiseres dizer, dizes! Se disseres que não é para dizer a ninguém eu não digo.
P.P. – Não, não digas que é uma coisa… Ele há dias disse-me, muito contente, que tinha conseguido que o Figo apoiasse o Sócrates e eu disse ‘boa e tal’, claro que é importante. E hoje ligou-me a pedir que eu lhe fizesse um contrato de patrocínio para a Fundação Luís Figo, à razão de 250 mil euros por ano.
M.P. – Pois, imagino…
P.P. – Ah?
M.P. – Claro, claro. E isso, aliás, vale muitos votos! Essa m… em subsídios de desemprego…
P.P. – Ah?
M.P. – Isso em subsídios de desemprego…
P.P. – Eh pá, mas ouve-me… O gajo conhece toda a gente e mais alguma e toda a gente em que ele tropeça, do mundo da bola, de repente estão a apoiar o PS e o Sócrates, mas depois todos têm por detrás contratos…  todos têm contratos… Até deve ser alvo de alguma risota, não é.
M.P. – Por acaso não me deram o nome do Figo para os tempos de antena das personalidades para depor!
P.P. – Pronto, faz-te de novas que o nome vai-te aparecer, só que o  apoiante espontâneo e fervoroso primeiro deve querer assinar o contrato, não é?
M.P. – Sim, sim, vamos ver se depois aparece, se é como outros que eu cá sei que acham que é melhor não darem a cara. Acham que é melhor não darem a cara, abrem uma coisa ali, outra ali.
P.P. – Exactamente …
M.P. – Ai…, não aprenderam nada ainda.

Um pensamento sobre “– Eh pá, boa e tal. – Exactamente…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.