O poder de Centrum

Em Janeiro do ano passado, José Sócrates admite ter uma má memória:

«Não tenho memória, admito que isso possa ter acontecido, mas não tenho memória que o meu tio me tenha pedido para receber os promotores do Freeport.»

Um ano depois, Sócrates diz ter uma memória perfeita:

«A memória que tenho disso, e tenho uma memória perfeita, é de que eu estive com o presidente da PT na noite de quinta-feira [após o comunicado do presidente da PT que garantia não ter falado com o governo sobre qualquer intenção de compra da TVI], estivemos juntos num jantar em que ele me falou disso.»

3 pensamentos sobre “O poder de Centrum

  1. Pingback: Um processo exemplar « O Insurgente

  2. Pingback: Freeport: tudo está bem quando acaba bem (2) « O Insurgente

  3. Pingback: Perguntas proibidas « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.