O Apocalipse da Greenpeace

Henrique Raposo (Expresso)

Há tempos, escrevi uma crónica que me valeu uns valentes impropérios de (alguns) ambientalistas portugueses. A dita crónica era uma sátira ao ambientalismo. Dizia eu que a ciência “verde” esconde um imenso culto religioso, que ameaça as pessoas com a coisa mais básica do arsenal teológico: o Apocalipse. Ou seja, a Greenpeace andava a repetir a chantagem mas velha do mundo: “Se não fizeres o que eu digo, vais arder no inferno”. Bom, no caso em questão é mais “irás morrer de hipotermia nas águas do degelo”.

Ora, eu pensava que tinha feito uma sátira. Estava enganado. Fiz uma descrição exacta. Ontem, a Greenpeace encenou uma “cavalgada apocalíptica” em Copenhaga. A ciência “verde” foi buscar as piores partes da Bíblia para convencer cientificamente as opiniões públicas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s