As agências de comunicação e o “jornalismo” de recados

Não resolveria todos os problemas associados, mas seria um contributo para termos um jornalismo menos mau: As agências de comunicação tratadas como as de informação? Por José Medeiros Ferreira.

Na minha breve intervenção , propus que se incluísse, nas normas redactoriais, que as matérias oriundas das agências de comunicação fossem assinaladas como tais, como se faz, aliás, para as notícias das clássicas agências de informação como a Reuters, a AFP, ou a Lusa.É um objectivo saudável para a relação de transparência que deve existir entre a imprensa e público.Portanto acabará por entrar nos costumes, ou nos livros de estilo.Quanto mais depressa melhor.

(via Gabriel Silva)

Anúncios

One thought on “As agências de comunicação e o “jornalismo” de recados

  1. Como se define “agências de comunicação”?

    Quero dizer, suponhamos que uma associação qualquer emite um comunicado e o envia diretamente para a imprensa, por fax. Deve-se afirmar que essa associação possui uma “agência de comunicação”? O jornal que transcreve esse comunicado deve referir que ele foi recebido da “agência de comunicação” dessa associação? Ou, simplesmente, dizer que o recebeu… por fax ou email?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s