Análise à análise do novo governo

Pelo que tenho ouvido, o benefício da dúvida de jornalistas e comentadores vai apenas para os novos ministros. Ninguém o diria há um mês e meio, mas afinal os ministros do anterior governo não são assim tão recomendáveis. Ana Jorge ‘é marketing’, Santos Silva excessivamente conflituoso. Luís Amado aprecia em demasia alguns malfeitores internacionais. Há um excesso de obras públicas planeadas por Mário Lino.

Com uma excepção: Teixeira dos Santos, que, dizem, por razões que escapam ao meu entendimento, é um bom ministro. Vamos devagarinho. É necessária, desde que Guterres escavacou as contas públicas, uma consolidação orçamental. A consolidação orçamental apenas se faz com redução da despesa pública (o próprio Teixeira dos Santos o reconhece). Teixeira dos Santos é o responsável por orçamentos que, em termos reais, aumentaram a despesa pública todos os anos. Conclusão: Teixeira dos Santos tem tornado mais difícil consolidar as contas públicas. (Vamos esquecer por agora o aumento dos impostos que conseguiu pôr o défice orçamental abaixo dos 3% e que tem consequências perniciosas a todos os níveis). Mas foi um bom ministro, dizem, e as expectativas são de que fará um bom trabalho. E dizem-no sem rir nem corar de embaraço.

4 pensamentos sobre “Análise à análise do novo governo

  1. … só num país das maravilhas!

    Foi tal a velocidade
    de factos negativos,
    reivindicando a necessidade
    de valores mais intelectivos.

    A mudança é exigente,
    exigindo uma nova postura,
    uma postura inteligente
    para reforçar a nossa cultura.

    De visão curta e toldada
    sobre o endividamento,
    esta política malfadada
    atrofiará o crescimento.

    São várias interrogações
    sobre o actual crescimento,
    sendo de evitar divagações
    de total deslumbramento.

    Problemas disfarçados
    pelo consumo privado,
    deixa alguns traçados
    de um futuro entravado.

  2. “desde que Guterres escavacou as contas públicas”

    Quem escavacou as contas públicas foi o Euro e a União Europeia.

    O seu a seu dono!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.