Acordos à direita?

Espero que o que escrevi em cada um destes três artigos, não se concretize.

Espero também que o PSD não se torne cúmplice do governo PS. Os socialistas são os responsáveis pela estagnação do país que ocorre desde 1996.

4 pensamentos sobre “Acordos à direita?

  1. Adolfo Mesquita Nunes

    Paulo Portas disse ontem, não sei se ainda estava em directo se não, que continuará a ser a melhor oposição ao PS. E a verdade é que só existe uma forma de ler os resultados eleitorais e a expressão do crescimento do CDS: prémio pelo combate ao PS e pela apresentação de um programa alternativo. E se no PSD se dedicarem antes a flagelar MFL em vez de perceber que o erro foi a falta de alternativa do SD do PSD face ao S do PS, é porque não perceberam nada do que aconteceu ontem à noite.
    Volto a isto num post ainda hoje!
    Abraço

  2. José Barros

    Caro AMN,

    Antes de mais, parabéns pelo excelente resultado.

    Concordo que o pior que poderia acontecer ao CDS seria uma coligação. O CDS teve um bom resultado com os votos da direita, juntando aos seus fiéis mais uma significativa massa de eleitores que preferiram o partido ao PSD. São precisamente esses eleitores que não perdoariam uma coligação com este PS. Basta ver, aliás, que os votantes do CDS são aqueles que demonstram uma rejeição maior relativamente a Sócrates.

    Quanto ao PSD, também de acordo. Apesar de reconhecer erros que são evidentes, o pior que poderia acontecer ao partido seria entrar num período de auto-flagelação. Para mais, quando se tem razão e Ferreira Leite teve-a nestas eleições, ainda que sem capacidade de a comunicar. É por isso que é preciso defendê-la agora, mais do que nunca. Pelo menos, até se assegurar uma transição para um candidato viável (e só vejo três: Rangel, Rio e Marcelo, sendo que preferia um dos dois primeiros).

  3. Bruno Carvalho

    Antes de mais felicitações a todos quanto contribuem neste verdadeiro espaço de cidadania virtual, pois creio que presta um excelente trabalho ao permitir a troca de ideias e de opiniões num ambiente verdadeiramente democrático.
    Quanto ao tópico em análise, concordo em absoluto com os comentários já aqui publicados. Votei CDS pelo trabalho de oposição a políticas que considero erradas. Votei CDS porque acredito que é um partido importante no contexto político actual, pois assume-se como um verdadeiro baluarte contra a extrema-esquerda. Mas ficaria profundamente desiludido se P.P. se alia-se a pessoas tão pouco recomendáveis como este executivo. Oposição responsável? Com certeza. Negociações e cedências parte a parte, de forma clara e aberta, em sede de Assembleia? Sem dúvida. Mas ministérios num governo em descrédito? Não foi para isso que votei ontem. O CDS deve representar o seu papel de “fiel da balança” mas sem vender a alma.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.