Progressividade fiscal (3)

No seguimento disto, vale a pena chamar a atenção para um facto: Para fazer parte deste grupo demográfico de 15%, com a dúbia honra de pagar 85% de todo o IRS, basta que o agregado familiar tenha vencimentos superiores a 27500 euros anuais (imagine um casal em que cada membro aufere um salário mensal de 900 euros). Se excluirmos os 1% mais ricos, os rendimentos médios destes riquíssimos agregados (14% da população) são de cerca de 45000 euros anuais (imagine um casal em que cada membro aufere um salário mensal de 1500 euros).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.