Liberalismo: ideologia ou tradição de pensamento?

Recorrentemente, vemos o liberalismo apresentado como uma ideologia. Tenho dificuldade em subscrever tal visão. Enquanto escatologia politica aberta, verei mais o liberalismo como uma corrente de pensamento que acomoda várias tendências e abordagens, com uma tradição plurisecular e multicultural, projecção das reflexões de vários pensadores, expresso numa conceptualização ampla e até difusa. Liberalismo será assim antes uma tradição de pensamento, sem que se possa atribuir-lhe uma paternidade isolada. Também simpatizo com a forma como o Rui de Albuquerque por vezes o apresenta, o liberalismo enquanto atitude. O que não me faz sentido é empurrar, como o faz o João Cardoso Rosas, o liberalismo para algo que será património histórico da esquerda, expressão das ideias de um conjunto fechado de pensadores.

Anúncios

Um pensamento sobre “Liberalismo: ideologia ou tradição de pensamento?

  1. Uma tradição seria algo que passa de pais para filhos. Na minha maneira de ver é uma ideologia, daquelas bem escondidas no fundo do armário a ver se ninguém a encontra.

    Claro que isto não tem nada a ver com “esquerda” e “direita”. Esse tipo de definições só pode ter sido inventado por quem queria fazer de conta que era diferente dos outros. Deve ter nascido numa qualquer silly season e a coisa pegou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.