Não contem comigo

João Miranda: “Portugal atravessa um período de deflação. Hoje os keynesianos não almoçaram porque sabem que amanhã o almoço será mais barato. E assim sucessivamente.”

4 pensamentos sobre “Não contem comigo

  1. CN

    Hehe, e muito menos nem ainda hoje compraram PCs, ou LCD ou … é por isso que se detecta cainesiano: lá em casa não têm electrónica.

    O outro efeito auto-regulador da deflação (blasfémia!)de preços é que se as pessoas por acaso agirem de forma a aumentarem os saldos monetários (a acontecer, existirão boas razões para isso, como potenciais falências, desemprego, etc – cuja origem está na prévia inflação quantitativa e de preços)…

    … e os preços baixarem por causa disso (ou também por causa disso) significa que o poder de compra absoluto dos seus saldos monetários (anteriores e presentes) está a aumentar ainda mais , o que começará a ter o efeito contrário de incentivo a serem gastos novamente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.