Ainda o Irão

“Legitimidades” de Fernando Gabriel (Diário Económico)

É possível que o regime de tutela religiosa entre em desagregação, mas isso não representará o triunfo de uma teleologia progressista que não reconhece causas perdidas, impasses e dilemas trágicos. Simplesmente, como recordava Nietzsche, as cobras que não se libertam da sua pele, morrem. Quando, é matéria de adivinhação

LEITURA COMPLEMENTAR: “A Revolução Twitter”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.