Um bocado “p’r’o” activo

Neste artigo de João Cardoso Rosas, já aqui ligado pelo Rui, o autor refere que o governo de José Sócrates «conseguiu governar pró-activamente». O grafismo é (presumo involuntariamente) feliz. O governo não foi propriamente proactivo. Foi assim a modos que “para o activo”. Muita actividade e tal. Inaugurações, cocktails, croquetes, sessões com figurantes pagos, entregas de Magalhães e cheques-dentista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Google

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Facebook

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.