e não é que tem razão?

Luís Filipe Menezes:

«Estamos a caminhar para ser o Estado da suspeição generalizada.»

«Qualquer dia quem não estiver sob suspeição não é curricularmente escorreito em Portugal. É uma tradução de uma doença complicada e grave»

«Ou algo se altera na gestão do nosso comportamento comunitário ou estamos a criar a situação de não sermos capazes de ultrapassar as actuais dificuldades que a crise nos coloca. Estamos deprimidos, desconfiamos todos uns dos outros. É um estado insuportável, aquele que se vive actualmente em Portugal»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.