O Insurgente segue dentro de momentos

Pois é. Este fim-de-semana o Congresso Nacional da Juventude Popular decidiu confiar a este vosso servo a direcção da Comissão Política Nacional para os próximos dois anos.
Isto deixa-me na infeliz situação de ter que deixar O Insurgente pendurado. É que por um lado iam confundir as minhas opiniões pessoais aqui expressas com posições da JP e ia deixar de me conseguir exprimir livremente. Por outro lado iam confundir os meus textos aqui com campanhas em nome duma qualquer agenda política e ia deixar de me conseguir exprimir livremente.

Assim fico, até ver, de fora do debate rand-e-reptiliano que se pratica nesta casa insultiva. Continuem a achincalhar muito e obrigado por tudo.

18 pensamentos sobre “O Insurgente segue dentro de momentos

  1. Não vou dizer que as portas ficam abertas porque, na verdade, não chegas a sair da casa e sempre que assim desejes podes usar as instalações.

    Boa sorte para a nova etapa… 😉

  2. Daniel Azevedo

    Caro Michael Seufert

    Eu posso ser muito ingénuo nestas coisas de politica – a única experiência que tenho foi na associação de estudantes da FCUL da qual me demiti por ter exercido o meu direito de voto (contrário ao da carneirada).
    Quando diz: “É que por um lado iam confundir as minhas opiniões pessoais aqui expressas com posições da JP e ia deixar de me conseguir exprimir livremente.” das duas uma ou não vai dizer o que pensa ou não lhe vão permitir essa liberdade, o que ainda é pior!

    Cumprimentos

  3. Se preferires podemos fazer um auto-de-fé que resultatá na tua expulsão. O pacote standartd inclui insultivações variadas. Se não encontrarmos assunto inventamos qualquer coisa. Que és um torturador, por exemplo.

    Por um extra podemos ainda queimar-te em efigie.

  4. Associo-me nos votos de boa sorte, de bom trabalho e de sucesso na tarefa de tornar o CDS e/ou o PP num partido de jeito, tarefa que, apesar de hercúlea, espero não sissífica.

  5. libertas

    «É que por um lado iam confundir as minhas opiniões pessoais aqui expressas com posições da JP e ia deixar de me conseguir exprimir livremente»

    Caro Michael
    Não aceito esta explicação. Quando a opiniões fossem contrárias, ninguém te obrigaria a postar o que quer que fosse. Espero que repenses esta tua posição, pois é importante que o eleitorado saiba o que pensamos políticos.

    Um excelente trabalho para a JC (para mim, este há-de ser sempre o seu nome).

  6. Cristina Pollmann

    Olá Michael

    Encontrei-o, por acaso, quando me reencaminharam um comentário do Insurgente para o meu mail.

    Muitos parabéns e fico muito contente por saber que tem feito uma carreira de sucesso.

    Continue… já em pequeno prometia ser um Homem que sabe o que quer.

    Votos de muito êxito!!

    Cristina Pollmann

  7. Pingback: Os “abrantes” aprenderam a ler no Novas Oportunidades « O Insurgente

  8. Pingback: Quem não se sente… « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.